Celebridades

Luto: Cantor sertanejo morre de forma inesperada, vítima do Coronavírus

O cantor country Joe Diffie morreu vítima do Coronavírus aos 61 anos de idade (Foto: Reprodução)
O cantor country Joe Diffie morreu vítima do Coronavírus aos 61 anos de idade (Foto: Reprodução)

Joe Diffie havia sido diagnosticado com o Coronavírus na sexta-feira (27)

Morreu aos 61 anos de idade, vítima do Coronavírus, o cantor country, Joe Diffie, que fez bastante sucesso na década de 90, com baladas no topo das paradas e singles honky-tonk, como por exemplo Home e Pickup Man. A morte dele aconteceu após dar positivo para o Coronavírus.

De acordo com informações do portal G1, a morte de Joe Diffie aconteceu neste último domingo (29), de uma maneira muita rápida, entre o diagnóstico da doença e a morte do artista levou apenas 2 dias.

+Gusttavo Lima, ao vivo, se descontrola súplica e fala de vício mortal de Leonardo após inchaço: “Sete palmos”

+Zilu, ex de Zezé Di Camargo, vira alvo de bandidos e solta os cachorros em cima deles

Na sexta-feira (27), ele havia anunciado que tinha sido diagnosticado com a doença, sendo a primeira estrela dos Estados Unidos a tornar público esse tipo de diagnóstico. O publicitário do cantor, Scott Adkins, confirmou a morte de Joe Diffie, devido a complicações do Coronavírus.

Ele que era natural de Tulsa, em Oklahoma, foi membro do Grand Ole Opry durante mais de 25 anos. Os seus sucessos incluem “Honky Tonk Attitude”, “Me apoie ao lado da jukebox (se eu morrer)”, “Maior que os Beatles” e “Se o diabo dançou (nos bolsos vazios)”. Os seus álbuns de meados dos anos 90, “Honkey Tonk Attitude” e “Third Rock From the Sun”, acabaram ganhando o disco de platina.

Para se ter ideia do sucesso que Joe Diffie fez, dezoito singles seus chegaram ao TOP10 no cenário americano, com cinco deles sendo número um. Com a sua morte, o cantor deixa a sua esposa, Theresa Crump, e seus cinco filhos de seus quatro casamentos.

Pandemia

O Coronavírus, vale dizer, já matou quase 34 mil pessoas em todo o mundo, onde o número de infectados ultrapassou os 700 mil. Aqui no Brasil, por exemplo, já morreram mais de 100 pessoas.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Bruno Silva

Bruno Silva é paraibano e atua na área como redator desde 2013, sempre trazendo notícias aos leitores com muita responsabilidade.