Celebridades

Celebridades

Luto! Morre ex-apresentadora com passagens pelo SBT, Record e Band aos 52 anos, vítima de infarto fulminante

Ator morreu após se envolver em grave acidente de carro (Foto: Reprodução/Instagram)
Ator morreu após se envolver em grave acidente de carro (Foto: Reprodução/Instagram)

Apresentadora teve passagens por grandes emissoras de TV e atualmente trabalhava na TV Justiça

Os parentes, amigos e colegas de profissão deixaram mensagens de pesar nas redes sociais da ex-apresentadora com passagens pelo SBT, Record e Band, a jornalista Andrea Fassina, que comandava atualmente o programa musical Refrão, na TV Justiça. Ela sofreu um infarto fulminante aos 52 anos.

Andrea Fassina morava em Brasília, onde era coordenadora de conteúdo do portal Só Boa Notícia e trabalhava ao lado do marido, o jornalista Rinaldo de Oliveira, que foi repórter na RedeTV!, TV Cultura e Band. Com ele, ela teve a filha, Lorena, de 21 anos.

Andrea Fassina construiu uma carreira bem-sucedida na comunicação. Graduada em Rádio e TV, ela trabalhou durante 10 anos na CBN, onde chegou a ser supervisora de jornalismo.

Ainda atuou no GNT, SBT, Band, Record, TV Nacional e TV Brasil. “Fomos colegas de redação durante alguns anos. Competente, empenhada, simpática”, escreveu o jornalista Dácio Nitrini em seu Facebook.

ÚLTIMA POSTAGEM NAS REDES SOCIAIS

No último post no Instagram de Andrea Fassina, seu marido escreveu uma mensagem de Dia dos Namorados. “Sabe aquela frase ‘Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza?’ Ela já passou tudo isso comigo, literalmente falando. Não tem como não te amar”, declarou-se ele.

Veja também

Andrea Fassina ao lado do marido (Foto: Reprodução)
Andrea Fassina ao lado do marido (Foto: Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: Vaza causa da morte de Jô Soares que família queria esconder

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários