Celebridades

Celebridades

Marieta Severo diz viver angústia em governo de Bolsonaro e dispara: “Como alguém defende?”

Marieta Severo diz viver angústia em governo de Bolsonaro (Foto: Reprodução /Instagram / Marcos Corrêa)

Marieta Severo diz viver angústia com atual governo e dispara: “Como alguém defende?”; Veja mais

A atriz Marieta Severo desabafou sobre como vem se sentindo em relação a atual política brasileira em uma recente entrevista concedida a o jornal O Globo. A famosa também falou sobre como foi temer pela sua vida durante sua internação por Covid-19 e o estado de saúde do marido.

Marieta Severo definiu o sentimento de angústia quando falou sobre o governo de Jair Bolsonaro. “Nunca tive uma angústia cívica tão profunda, apesar de ser de uma geração que viveu a ditadura. Sei o que é ter uma barreira diante dos sonhos, do melhor do país, impedindo a gente de florescer em plena juventude. Aqueles tanques na rua… Como alguém defende um regime que coloca um cano de descarga na boca de um jovem, arrastado em um quartel?”, questionou a famosa.

Medo da morte após internação: “Vou ser intubada e morrer?”

Marieta Severo (Foto: Divulgação)

Aos 74 anos de idade, Marieta Severo cravou uma luta contra a doença mortal que vem levando a vida de muitos brasileiros, a Covid-19. A famosa chegou a ficar com 50% do pulmão comprometido e achou que não sairia viva do hospital. “Vou ser intubada e morrer?”, questionou a atriz ao médico, de acordo com o jornal O Globo.

Veja também

Além disso, Marieta Severo falou sobre como está o atual estado de saúde do marido, que está internado no mesmo hospital que a famosa ficou por conta do Covid-19. O diretor Aderbal Freire-Filho teve um AVC no ano passado. “Acredito que ele vai conseguir recuperar algo da vida dele e da nossa”, disse a famosa sobre a situação.

 

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários