Celebridades

CelebridadesighomeWesley Safadão

Mulher de Safadão é pega em fraude, se torna alvo de investigação e testemunha confirma: “Mentiu”

Thyane Dantas e Wesley Safadão (Foto: Reprodução / Instagram)
Thyane Dantas e Wesley Safadão querem ter mais filhos no futuro (Foto: Reprodução / Instagram)

Wesley Safadão e esposa são envolvidos em polêmica de que Thyane teria furado a fila para receber o imunizante antes

Uma publicação do Diário do Nordeste aponta que Thyane Dantas, mulher do cantor Wesley Safadão, teria mentido sobre sua idade no momento em que se vacinou em Fortaleza, no Ceará.

Na ocasião, a influenciadora digital foi alvo de críticas e a chegou a ser acusada de fraude após receber o imunizante contra a covid-19 antes da convocação de sua faixa etária para a vacina.

De acordo com Fábia Oliveira, duas colaboradoras do município de Fortaleza, que foram as responsáveis pela vacinação do casal, afirmaram em depoimento à sindicância realizada pela prefeitura de Fortaleza que Thyane disse ter idade diferente da que realmente tem durante o processo de imunização.

Os relatos constam na Ata da 7ª reunião do grupo de trabalho do plano Municipal de Operacionalização de Vacinação Contra a Covid-19. O documento, datado de 9 de julho de 2021, um dia depois da vacinação do casal, mostra que a registradora do local de vacinação e a aplicadora da vacina afirmaram em depoimento que Thyane disse ter 31 anos durante diferentes etapas da imunização, quando na realidade tem 30.

“A depoente informou que não checou a idade da Srª Thyane, mas que perguntou a idade da mesma, a qual informou possuir 31 anos de idade, que estava para fazer 32 anos. […] Ao ser questionada sobre a idade do Sr.Wesley, a depoente informou que o mesmo possui 33 anos, que a Srª Thyane Dantas havia informado possuir 31 anos e que a assessora, ‘se não me engano, 32 anos'”, apontou o documento com relato da registradora do local de vacinação.

Veja também

O CASO

O cantor, que pertence ao grupo de pessoas com mais de 32 anos indicados na lista de agendamento da imunização, recebeu no mês de julho a dose única da vacina Janssen contra a Covid-19.

Mas, o que chamou atenção dos internautas foi o fato de sua esposa, Thyane Dantas, também ter sido imunizada mesmo sem pertencer ao grupo. Segundo a assessoria de imprensa do cantor, a influenciadora recebeu a “xepa” – quantidade que sobra das vacinas e que não podem ser guardadas – do imunizante.

“Thyane foi acompanhar o Wesley na vacinação e existe uma coisa que todos têm acesso, não foi benefício dela, que é a dose de sangria. Cada dose dá em média um número aplicações, depende de qual for, e se não forem aplicadas na hora são descartadas. Por esse motivo, os profissionais estão autorizados a aplicar em quem estiver no local, mesmo que não esteja no dia certo para vacinação, para que não haja descarte do material”, explicou a assessoria do cantor.

SECRETARIA COMEÇA INVESTIGAÇÃO

No entanto, após imagens de Wesley Safadão e da esposa comemorando a vacina circularem nas redes sociais, uma série de questionamentos começaram a ser feitos, e Thyane foi acusada de ter furado a fila da vacinação (considerado “crime”).

De acordo com a coluna do jornalista Leo Dias, no Metrópoles, a Secretaria Municipal de Fortaleza (SMS) abriu um inquérito para averiguar a legalidade da ação.

“A Secretaria Municipal de Fortaleza (SMS) instaurou processo administrativo para averiguar a aplicação da vacina contra a COVID-19 em Thyane Dantas nesta quinta-feira (8/7). A SMS segue o Plano de Vacinação Nacional e as normas técnicas pactuadas na Comissão Intergestora Bipartide (CIB). O número de fortalezenses que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 chegou a 1.252.848 até quarta-feira (7/7). Os beneficiados com o reforço garantido pela segunda dose foram 393.929”, escreveu a SMS em comunicado.

Thyane Dantas e Wesley Safadão - Reprodução
Thyane Dantas e Wesley Safadão – Reprodução

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários