Celebridades

CelebridadesPolítica

No Porchat, Jô Soares critica Dilma, fala mal de Lula e se defende após receber críticas por entrevista

Jô e Dilma em 2015.
Jô e Dilma em 2015/divulgação.

Jô Soares foi ao Programa do Porchat nesta segunda e gravou uma entrevista para a atração, que será exibida na próxima quarta-feira (18) de acordo informações Gabriel Perline do Notícias da TV. Até sobre políticos famosos e ameaça de morte o gordinho e ex-global abriu o jogo e deu sua opinião.

Jô, que foi até Brasília em 2015 e entrevistou Dilma Rousseff, afirmou que recebeu ameaças e que teve o muro do seu prédio pichado, depois que a entrevista foi exibida.

“Escreveram na minha casa: ‘Morra, Jô Soares!’. Mas eu não resolvi concordar”, brincou ele, arrancando gargalhadas da plateia, de acordo com o Uol. Jô ainda comentou sobre Lula e Dilma.

“Achei um absurdo ela [Dilma] ter concorrido [à reeleição]. O combinado era a Dilma [se eleger] uma vez e passar a bola para o Lula, mas estava tão gostoso que ela não passou. Eu também não passaria. Lula me decepcionou”.

E afirmou, sobre ter sido muito criticado após entrevistar a ex-presidente: “Sempre vou entrevistar presidente. É que [com a Dilma] eu não debati. Fiz a pergunta que todos fariam e não debati. Ficaram loucos da vida, mas não é minha função. Se eu debato, tomo partido”.

Veja também

Jô na Record TV (Foto: Reprodução/Edu Moraes)

Sobre a sua ida para o SBT, onde teve um talk show nos anos 80 e 90, Jô disse: “Silvio Santos queria contratar alguém da Globo que fizesse barulho na mídia. Carlos Alberto sugeriu Chico Anysio e Jô Soares. Mas se contratasse Chico teria que levar outras 20 pessoas. Mas Jô Soares não. Fui para o SBT e o Chico ficou, disse que nunca veria meu programa. Um mês depois, eu o entrevistei [o Chico]”, relembrou.

+ Porchat finalmente grava com Jô, chora e admite: “Dia mais importante da minha vida”

Emocionado e chorando, Fábio Porchat declarou, ao lado de Jô: “Talvez seja o programa mais importante da minha vida. Não consigo falar. Vou pensar na minha avó de biquíni”, brincou.

Jô também comentou a desculpa esfarrapada que Silvio Santos sempre deu para não dar entrevista ao seu programa: “Convidei [Silvio Santos] várias vezes e ele respondeu: ‘não dá’. E é cínico. Falei: ‘Silvio, estou parando e seria tão lindo que você me desse a última entrevista’. E ele contou a história da cigana que encontrou na Disney e falou que se ele desse entrevista morreria no dia seguinte. Se tivesse dado entrevista para mim, teria que fazer com todos que recusou. Mas sou eternamente grato”.

Fábio e Jô juntos na Record TV (Foto: Reprodução/Edu Moraes)

O gordinho ainda foi enfático ao dizer que não sente falta de quase nada por estar longe da TV: “Se eu sentisse falta, teria continuado. Cumpri minha meta. Adorava o meu trabalho, adoro conversar e é um prazer estar aqui com você porque é uma pessoa da qual eu gosto e em quem confio. Não posso sentir falta depois de 29 anos e 15 mil entrevistas”, afirmou ele, para, minutos depois, abrir uma exceção. “A única coisa da qual sinto falta é do [quadro] ‘Meninas do Jô'”.

VÍDEO YOUTUBE: Show de ESTRELISMO de famosos antipáticos EXPLODEM: "Maltratam os fãs e a imprensa"

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários