Falência decretada: O fim de banco nº1 mais popular do Brasil após garantir milhões ao Corinthians e Botafogo

10/07/2024 às 19h00

Por: Wellington Silva
Imagem PreCarregada
Falência de Banco - Corinthians e Botafogo (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)

O banco gigante do mercado que outrora patrocinava times de futebol como o Corinthians e Botafogo, não resistiu e teve seu fim definido

O anúncio da falência de um famoso banco, outrora líder indiscutível do setor financeiro nacional, ecoou como um golpe devastador para o mercado. A instituição, que em tempos áureos sustentou o status de banco número um no Brasil, se afundou na falência.

O gigante que já garantiu milhões a clubes como Corinthians e Botafogo, teve seu fim decretado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bancos populares no Brasil tiveram fim decretado (Foto: Reprodução/ Internet)
Bancos populares no Brasil tiveram fim decretado (Foto: Reprodução/ Internet)

Banco Excel-Econômico foi um banco brasileiro que surgiu da fusão entre o Banco Excel, fundado em 1990 por Ezequiel Nasser, e o Banco Econômico, fundado em 1834 e que passava por dificuldades financeiras na época. 

A fusão, realizada em 1996 com o auxílio do governo federal através do Programa de Estimulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional (PROER), visava transformar o Excel em um banco de varejo e sanear as finanças do Econômico.

Continua após o Veja Também

Veja também

Segundo dados do Wikipédia, em seu auge, o Banco Excel-Econômico se destacou por sua agressividade no mercado, conquistando clientes e expandindo rapidamente. O banco também ficou conhecido por seus investimentos em patrocínios esportivos, principalmente no futebol, com destaque para o Corinthians, Botafogo, Vitória e América-MG.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aquisição e Declínio

Após passar por dificuldades financeiras, em 1998, o Banco Excel-Econômico foi adquirido pelo Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) por R$ 450 milhões. A compra, no entanto, foi marcada por controvérsias em relação ao valor pago pelo BBVA, considerado baixo por alguns especialistas.

Apesar da aquisição pelo BBVA, o Banco Excel-Econômico continuou enfrentando problemas financeiros. Em 2003, o BBVA foi adquirido pelo Bradesco, e o Excel-Econômico foi incorporado ao Banco Real, que posteriormente se tornou o Banco Santander.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Santander

Banco Santander se consolidou como uma das maiores instituições financeiras do Brasil através de uma agressiva estratégia de aquisições ao longo dos anos. Essa jornada de crescimento, iniciada na década de 1990, foi marcada por diversos marcos importantes, cada um contribuindo para a posição de destaque que o banco ocupa hoje no mercado brasileiro.

Além do Excel-Econômico o Santander Brasil tem uma trajetória de crescimento marcada por diversas aquisições estratégicas:

  1. 1997: Adquire o Banco Banespa, consolidando sua presença no mercado brasileiro com uma base sólida de clientes e agências, especialmente em São Paulo.
  2. 2000: Expande sua presença no sul do Brasil ao adquirir o Banco Meridional, fortalecendo sua posição no agronegócio e nos polos industriais da região.
  3. 2007: Realiza a compra do Banco Real, tornando-se o segundo maior banco do Brasil na época e diversificando seu portfólio de produtos e serviços.
  4. 2008: Adquire o Banco Bandeirantes, especializado em crédito consignado, o que fortalece sua atuação neste segmento de mercado.
  5. 2018: Compra o Banco Sofisa, especializado em financiamentos para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), ampliando sua participação em um setor crucial para a economia brasileira.

Qual é o maior Banco do Brasil?

Segundo O Valor Econômico,Itaú é, de longe, o maior banco brasileiro em ativos. São R$ 2,789 trilhões.

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

Banco Excel-Econômico
Excel-Econômico
falência
Falência de Banco
Santander
Santander banco
Wellington Silva

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.