TV Foco

TV Foco

O que ter quase 1 milhão de seguidores significa? Atriz fala dos prós e contras do engajamento nas redes para a profissão

Caro Marafiga (crédito: Erisney Ribeiro)
Caro Marafiga (crédito: Erisney Ribeiro)

Caro Marafiga, com mais de 940 mil seguidores, relata a dificuldade de ter as portas abertas no audiovisual, e afirma: ‘Ser influenciadora me ajuda a não enferrujar como atriz’

Muito é falado sobre como o engajamento nas redes sociais determina a escolha de atores – ou não – para certos papéis. Mas, o que significa ter 1 milhão de seguidores? Caro Marafiga, atriz e influencer, sabe bem disso. Com mais de 900 mil seguidores em suas redes e vídeos viralizados com 25 milhões de visualizações, a artista ainda luta para conquistar seu espaço nas produções.

Recentemente, a ‘baiúcha’, como gosta de ser chamada já que nasceu no Rio Grande do Sul mas foi criada na Bahia, fez parte do elenco da série “Velhas Amigas”, disponível no catálogo da Prime Video e em breve estreia na produção da HBO Max, “No Mundo de Luna”, além de estrelar em peças de teatro em São Paulo.

Apesar de fazer grande sucesso nas redes sociais com suas publicações, a atriz conta que para ela isso não é um fator que influencie tanto na hora de conseguir papéis: “Se o número de seguidores é determinante ou não para um ator, comigo não aconteceu essa facilidade. Ouço muito de pesquisas para casting onde se pede número de seguidores, mas nunca me deparei com isso.

Porém, não acho que o engajamento deveria ser um facilitador ou como uma ‘nota de corte’. Talvez um agregador, dependendo do conteúdo daquele produto audiovisual.”
Apesar da carreira de influenciador ter diversos benefícios, a artista acredita que algumas vezes pode ser prejudicial: “Quem quer seguir a carreira artística tem que analisar seu conteúdo e ver se aquilo é coerente com o que quer colher no futuro. Tudo tem que ser pensado justamente para não atrapalhar na escolha de papéis.”

Formada em Cinema na Universidade Anhembi Morumbi e em atuação na Escola de Atores Wolf Maya, Caro começou a produzir conteúdo durante a pandemia, quando não estava havendo produção de audiovisual. Apesar da volta desse mercado, a influenciadora não pretende abandonar a internet: “Com certeza quero continuar trabalhando com a internet. Estou no processo de solidificar essa relação com a tecnologia, ao mesmo tempo que busco trabalhos como atriz. Hoje em dia, dá pra fazer as duas coisas com tranquilidade.”

Veja também

Prós e contras

Mesmo exigindo uma dedicação diária para criar conteúdo para a web, a atriz encara esse desafio como uma forma de crescer em sua carreira: “Consigo mostrar meu trabalho pro público. Sendo uma atriz que não está em trabalhos profissionais constantemente, mostrar meu trabalho na internet me ajuda a não ficar parada e a criar um vínculo com quem me assiste.”

Apesar do trabalho como influenciadora proporcionar contratos com grandes empresas como BeYoung e Belleton, a internet permite que qualquer pessoa opine negativamente em fotos e vídeos do criador. A atriz revela como lida com ofensas e se isso prejudica a escolha para algum papel: “Se for um ódio gratuito, é irrelevante para qualquer escolha profissional.

A não ser que o conteúdo da pessoa seja nocivo, o que influencia em seu trabalho. Para lidar com isso, eu apago o comentário, bloqueio e sigo a vida. Não dá para ficar se apegando a esse tipo de coisa, se não enlouquece.”

Em seu Instagram, Caro usa seus stories para mostrar seu dia a dia de uma forma engraçada, como uma comédia. Seus reels, por sua vez, são poemas recitados pela atriz de forma dramática, com certa atuação. Porém, para a baiúcha, é necessário mais do que isso para estudar as artes cênicas: “Não acho que ser influenciadora me leve a ser uma atriz melhor, mas me ajuda a não enferrujar. O que ajuda muito a melhorar o desempenho é estudar, ler, ver peças, filmes, praticar cenas. Conhecimento é essencial para quem quer seguir a carreira artística.”

Com um conteúdo bem variado, a artista atrai também públicos variados: “Essa diversificação surgiu porque queria mostrar minha personalidade também. A persona dos Reels é uma atuação, falo e me comporto de modo diferente. Já nos stories, sou eu, tem dias que sou mais debochada, outros que estou mais palhaça.

Tenho meu lado dramático, claro, mas o que diferencia cada ferramenta é o comportamento. Não falo na vida real como falo no Reels, aquilo é técnica de atuação. Muita gente questiona porque minha voz é diferente, e fico feliz porque percebo que estou fazendo meu trabalho direito.”

Saiba Mais sobre Caro Marafiga:
https://www.tiktok.com/@caro.marafiga
https://www.instagram.com/caro.marafiga/

 

Assessoria de imprensa: Nobre Assessoria
Aline Nobre – alinenobre@nobreassessoria.com
Lucas Pasin – lucas@nobreassessoria.com
Julia Sabino – julia@nobreassessoria.com
(11) 98318-2644

VÍDEO YOUTUBE: Reviravolta! Globo CONTRATA Lívia Andrade para OS DOMINGOS e filha de Silvio Santos DEBOCHA

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários