Banco Central: confira tudo sobre a autarquia

Banco Central: confira tudo sobre a autarquia

Pix taxado? Itaú, Bradesco e BB cobram essas transferências e é isso o que o Banco Central vai fazer em 2024

Bancos cobram taxas para realização do Pix (Foto: Reprodução/Itaú/Bradesco/BB
Bancos cobram taxas para realização do Pix (Foto: Reprodução/Itaú/Bradesco/BB

Itaú, Bradesco e BB são alguns dos bancos que cobram tarifas para realizar Pix; saiba o que Banco Central fará em 2024

O Pix surgiu no Brasil como uma forma de simplificar as transações bancárias de uma forma gratuita, em 2020. O que muita gente não sabe é que o Banco Central não exige cobranças no serviço, mas permite que bancos definam se irão ou não taxar clientes ao utilizarem a ferramenta. Atualmente, existem clientes do Itaú, Bradesco e Banco do Brasil que possuem dúvidas se precisarão pagar taxas para realizar um Pix.

Hoje em dia, pessoas físicas, MEIs (Microempreendedor Individual) e EIs (Empresário Individual) podem realizar ou receber Pix gratuitamente. Entretanto, algumas instituições financeiras cobram uma taxa de transferência caso a pessoa física ultrapasse o limite de transações gratuitas pelo banco.

Isso varia de acordo com a regra de cada banco. O Nubank, por exemplo, não tem limite e nem taxa para realizar o serviço. A Caixa Econômica por sua vez desistiu de cobrar pelas transferências feitas por pessoas jurídicas. O PagBank também não cobra absolutamente nada de seus clientes.

Sede do Banco Central (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Sede do Banco Central (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

VÁRIOS CASOS

O Banco do Brasil, no entanto, disponibiliza um número limitado de transferências gratuitas para os clientes. Quando se ultrapassa esse limite, o usuário deve pagar uma taxa por Pix. O Bradesco garante que a cobrança da tarifa está “conforme determinado pelo Banco Central”.

Assim como o Banco do Brasil, o Itaú também limita a quantidade de Pix dos clientes, exigindo uma taxa para a realização de novos procedimentos após o usuário ultrapassar esse limite.

Veja também

O Santander cobra tarifa para pessoas jurídicas, enquanto MEIs e EIs são sempre isentos para enviar Pix ou receber por meio de QR Code estático. O valor da tarifa varia de acordo com o tipo de transferência e o tipo de QR code utilizado.

O BANCO CENTRAL COBRARÁ TARIFA DO PIX EM 2024?

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou em uma sessão no Senado Federal que não há taxação do Pix. “Não vamos taxar o Pix. Não existe isso”, declarou, de acordo com o Valor Econômico.

Instituições financeiras cobram taxas do Pix (Foto: Reprodução/Banco Central)
Instituições financeiras cobram taxas do Pix (Foto: Reprodução/Banco Central)

🚨 Rodriguinho arma plano contra Davi no BBB24 + Estrela do SBT na Globo + Record arranca programa do ar após 05 anos

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA