TENSO

À beira da falência e com uma dívida de R$ 4 bilhões: Cerveja do Brasil luta para não fechar as portas


Marca de cerveja luta contra a falência (Reprodução: Montagem TV Foco)

Marca de cerveja muito amada no Brasil entrou com um processo de recuperação judicial e luta contra falência

A cerveja é a bebida alcoólica mais consumida do Brasil. Dessa vez, no entanto, falaremos sobre uma triste situação enfrentada por uma empresa brasileira produtora da bebida que tem atravessado um momento bastante delicado. A marca está lutando contra a falência, após uma dívida bilionária.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Quem tem passado por essa crise financeira é o grupo Petrópolis, dono das marcas da cerveja Itaipava, Crystal, Petra, entre outras. Segundo o divulgado pelo portal G1, do grupo Globo, a empresa entrou com pedido de recuperação judicial, ajuizado em regime de urgência na Justiça do Rio de Janeiro em março de 2023.

Grupo Petrópolis é dono de marcas amadas, como Itaipava e Petra (Reprodução: Internet)
Grupo Petrópolis é dono de marcas amadas, como Itaipava e Petra (Reprodução: Internet)

Na ocasião, o grupo Petrópolis alegou que as dívidas da empresa somam R$ 4,4 bilhões. Desse total, as obrigações financeiras e de mercado de capitais são da ordem de R$ 2 bilhões. Com os fornecedores e terceiros, são mais R$ 2,2 bilhões. O restante das dívidas da mega empresa não foi detalhado pela marca.

De acordo com informações do portal G1, uma das alegações utilizadas pelo advogado do grupo foi o aumento da taxa básica de juros, a Selic, o que agravou a situação da dívida, pressionando o nível de endividamento. Esse fato, teria gerado um impacto de R$ 395 milhões por ano no fluxo de caixa da companhia.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


A empresa está com o plano de recuperação aprovado pelos credores (Reprodução: Internet)
A empresa está com o plano de recuperação aprovado pelos credores (Reprodução: Internet)

A empresa emitiu uma nota: “O Grupo Petrópolis está confiante que o processo de recuperação judicial viabilizará o seu redimensionamento financeiro, contribuindo para preservar a manutenção de suas atividades, dos milhares de empregos gerados e das relações com seus fornecedores e parceiros comerciais”.

Veja também

Grupo Petrópolis está lutando contra falência (Foto: Internet)
Grupo Petrópolis está lutando contra falência (Foto: Internet)

Qual a diferença entre falência e recuperação judicial?

Segundo informações do portal Vem Pra Dome, ambos os institutos têm como objetivo a satisfação de dívidas de uma empresa. Contudo, a principal diferença está na continuidade ou não do empreendimento.

No caso da recuperação judicial, se ganha tempo para recuperar a capacidade de gerar resultados na empresa. Por outro lado, na falência, não existe a reestruturação do negócio e ele acaba fechando as portas.

A ideia por trás da recuperação judicial é manter o negócio ativo, gerando empregos e possibilitando que a empresa consiga pagar as suas dívidas. Na falência, ocorre o encerramento do negócio, que é considerado irrecuperável.

🚨 Davi troca medicina por programa na TV + Piovani ESCULACHA Neymar + Mion reage a boatos de traiç@o         

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Eu sou Kelly Araújo, formada em Biologia pelo IFCE e atualmente estudo Engenharia de Produção Civil na mesma instituição. Escrevo sobre televisão e o universo dos famosos desde o ano de 2014. Sou apaixonada por falar sobre os bastidores da TV, gosto de acompanhar a vida dos famosos nas redes sociais e amo assistir um reality show de confinamento. Minhas redes são: Email: kelly.araujo@otvfoco.com.br