Celebridades

Celebridades

Raul Gazolla expõe fúria após descobrir quem matou a sua esposa com 18 facadas: “Mastigar o pescoço desse f”

Raul Gazolla fez relato sobre dia em que descobriu quem matou Daniella Perez, a sua esposa (Foto: Reprodução)
Raul Gazolla fez relato sobre dia em que descobriu quem matou Daniella Perez, a sua esposa (Foto: Reprodução)

Daniella Perez foi morta covardemente no final de 1992

O ator Raul Gazolla, para quem não sabe, era casado com a atriz Daniella Perez quando a mesma foi assassinada de forma brutal em 28 de dezembro de 1992, com 18 facadas em seu peito.

E de acordo com o Notícias da TV, na série documental Pacto Brutal, que estreia nesta próxima quinta-feira (21), no HBO Max, detalhes dos bastidores do momento em que o ator descobriu quem matou a sua esposa vem à tona. Na ocasião, o momento de completa fúria de Raul Gazolla é relembrado por amigos famosos e pelo próprio ator.

“O que veio no meu pensamento: ‘Eu vou mastigar o pescoço desse filho da puta'”, declarou Raul Gazolla sobre o momento da descoberta. Nos dois primeiros episódios da série documental, ele e outros amigos e familiares de Daniella Perez remontam como foi o último dia de vida da atriz e o que aconteceu depois que o corpo dela foi encontrado em um matagal, crime cometido pelo ator Guilherme Pádua e a sua então esposa, Paula Thomaz.

A autoria do crime foi descoberta pela polícia apenas algumas horas depois, e na manhã do dia 29 oficiais já estavam tomando o depoimento do assassino, que acabou confessando o crime.

Enquanto isso, Raul Gazolla chorava copiosamente, tanto ao identificar o corpo da esposa no matagal, quanto no velório e enterro da mesma. A mãe dele já sabia que Guilherme de Pádua teria sido o autor do crime junto com a esposa, e entendeu que era a hora de contar o fato ao filho. Para isso, ela contou com a ajuda de outros atores que estavam no local: Alexandre Frota, Fabio Assunção, Tony Tornado e Maurício Mattar.

Veja também

“A mãe do Raul, em determinado momento do velório, chega pra mim e fala: Frota, você não vai acreditar. A polícia já sabe quem matou a Daniella. Quando as pessoas saíram, nós fechamos a porta. O Gazolla estava sentado, chorava compulsivamente”, lembrou Alexandre Frota.

“Eu me ajoelhei e abracei a barriga dele. O Tony Tornado ficou nas costas fazendo uma massagem. O Mauricio Mattar senta e dá o braço pra ele, uma outra pessoa [Fabio Assunção] senta e dá outro braço pra ele. Ele estava travado ali. A mãe dele chega e fala: ‘Filho, a policia já sabe quem matou a Daniella. Foi o Guilherme de Pádua’. Nessa hora, ele levantou com todos nós”, continuou o político.

“A gente agarrou o Gazolla. E ele levantou todo mundo, numa fúria”, relatou Fábio Assunção. “Ele quebrou a capela inteira. Ele mordia uma almofada, ele gritava”, expôs a produtora Marcela Honigman.”E ele gritava, de uma maneira assim… Eu me lembro, e meu coração parte”, complementou a atriz Claudia Raia.

“Depois que ele teve todo esse ataque de fúria, de amor, de sentimento, de tudo que estava passando ali, ele cai no chão e fica em posição fetal”, voltou a relatar Frota.

RELATO DE RAUL GAZOLLA

Raul Gazolla também relembrou o momento de puro desespero: “O que veio no meu pensamento: ‘Eu vou mastigar o pescoço desse filho da puta. Eu vou mastigar. Eu não vou nem encostar nele’. Eu virei um bicho. Eu fiquei com muito ódio. Eu sei que não é um bom sentimento, mas não dá pra não ter naquele momento que você sabe que sua mulher foi assassinada, que o assassino é o colega de trabalho dela”, disse o ator.

Raul Gazolla, Daniella Perez
Raul Gazolla era companheiro de Daniella Perez quando a atriz foi assassinada (Foto: Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: Sonia Abrão DETONA Marcos Mion e condena o que ele fez na Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários