Band

Repórter da Band é atacada por bandido e parte para cima de criminoso ao vivo: “Seu lixo”

Repórter da Band
A repórter da Band, Elisângela Carreira (Reprodução/Instagram)

Elisângela Carreira, repórter da Band, não teve medo e enfrentou um bandido. Enquanto realizava uma reportagem, a jornalista foi surpreendida com um homem que cuspiu em seu rosto. Como reação, ela pegou o microfone e o acertou

A repórter da Band, Elisângela Carreira, perdeu a paciência durante realização de reportagem e enfrentou um bandido. Isso mesmo, enquanto desempenhava seu trabalho, a jornalista foi surpreendida quando um homem acusado de matar uma jovem cuspiu em sua direção. Irritada, ela usou seu instrumento de trabalho, o microfone, para acertar o agressor.

“Seu nojo, seu lixo! Você matou a Aline. Levanta a cabeça. Você tem filha?”, disparou Elisângela logo após acertá-lo com o microfone. Mesmo com a agressão, ela seguiu fazendo seu trabalho. Os outros jornalistas presentes ficaram chocados com a atitude.

Conforme divulgado por Joel Datena, no Bora São Paulo, a repórter teve a reação certa após ser atingida. “Felizmente a Elisângela Carreira foi rápida e conseguiu revidar essa agressão. Ela deu duas microfonadas muito bem dadas na boca desse marginal aqui”.

Bruno Peruka, da RecordTV, foi um dos colegas jornalistas que elogiou a atitude de Elisângela. “Olha o que esse homem faz, ele cospe na cara da Elisângela Carreira. A Elisângela, que é nossa companheira de trabalho, desce a bordoada nele.Ela se defende. A Elisângela não ataca esse homem, vou defendê-la, sim”, disse ele.

O acontecimento repercutiu em outros canais e a atitude da repórter foi elogiada. “Toda ação tem uma reação. Parabéns, Elisângela”, postou um. “Quando sua amiga é baixinha, mas não tem medo de bandido. Bem feito para ele”, comentou outro. “Deveria ter mais repórter assim. Ele cuspiu, ela desceu o porrete”, elogiou outro.

Na web, telespectadores também concordaram com as microfonadas dadas por Elisângela. “Esse microfone poderia ser um facão”, disparou uma. “Dá na cara desse marginal mesmo. Essa repórter me representa”, comentou outra. “Ela bateu foi pouco nesse homem. Essa sim me representa”, acrescentou outra.

Repórter da Band
Elisângela Carreira, repórter da Band, bateu em homem após ser agredida (Reprodução/Band)

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO

site statistics