Bianca Barbosa

Bianca Barbosa

“O JN começa com uma revelação exclusiva e grave”: Bonner deixa redação e para o Brasil com plantão Globo

"O JN começa com uma revelação exclusiva e grave": Bonner deixa redação e para o Brasil com plantão Globo
William Bonner (Montagem: TV Foco)

O âncora fez história durante cobertura de acidente aéreo

Responsável por comandar vários plantões urgentes da Globo, William Bonner já revelou várias vezes que um dos mais fortes da sua carreira, sem dúvidas, foi o do acidente da TAM, ocorrido em 17 de julho de 2007.

Para quem não lembra, um avião da companhia aérea bateu em um prédio e centenas de pessoas morreram. Na época, a platinada cobria os Jogos Panamericanos, quando tudo precisou ser interrompido pela triste notícia.

Assim que tudo aconteceu, William Bonner ainda estava nos estúdios do Jornal Nacional e iniciou a cobertura a partir dali.

“São 7:07 da noite e o hangar da TAM, no aeroporto de Congonhas, está pegando fogo. Você tem aí as imagens. As primeiras informações são que este incêndio teria começado num avião da companhia que estaria dentro do hangar”, disse o âncora na época.

Logo depois, ele chamou o repórter Fernando Rocha, que confirmou que infelizmente a aeronave estava cheia de pessoas: “As chamas são muito altas e o trânsito está completamente congestionado”, disse o profissional.

Veja também

O Jornal Nacional precisou mudar toda sua pauta às pressas, e ao contrário do que foi planejado, Fátima Bernardes mal foi ao ar com a cobertura dos Jogos Panamericanos.

O jornal foi praticamente todo ao vivo: eu fazia perguntas para os repórteres, que às vezes não tinham como responder, as coisas estavam acontecendo naquele momento. Parecia rádio por causa da agilidade, foi uma das coisas mais heroicas que fizemos”, assumiu William Bonner ao portal “Memória Globo”.

William Bonner sob comando do 'JH' fora dos estúdios Globo (Foto: Reprodução/Globo)
William Bonner fora dos estúdios, no local do acidente da TAM (Reprodução/Globo)

TRABALHO EM EQUIPE

Rodrigo Bocardi foi o primeiro âncora a ir até Congonhas para trazer imagens exclusivas do ocorrido. No dia seguinte, Fátima Bernardes voltou à bancada do Jornal Nacional, enquanto William Bonner deixou os estúdios para ir até São Paulo.

Rodrigo Bocardi (Foto: Reprodução)
Rodrigo Bocardi participou da cobertura de acidente aéreo (Foto: Reprodução)

ENTROU PRA HISTÓRIA

Ele comandou várias edições do noticiário diretamente do local do acidente, e trouxe informações sobre a investigação: “O Jornal Nacional começa com uma revelação exclusiva e grave”, disse William Bonner no dia 19/07/2007.

Foi revelado pelo noticiário da Globo que o próprio presidente da companhia da época tinha assumido que a aeronave estava com um problema em uma das turbinas, o que teria sido um dos motivos que acarretou no acidente.

“Abri o JN dizendo que o reverso estava ‘pinado’ e o que isso significava. Até então, culpava-se muito a pista, e aí surgiu outra hipótese para o acidente. Hoje, vemos que aparentemente foi uma coleção de coisas: a pista curta demais, molhada demais, sem o grooving, o avião sem o reverso etc. Tudo errado”, lembrou William Bonner.

O plantão urgente que parou o Brasil acarretou em uma cobertura tão extraordinária que o Jornal Nacional foi finalista no Emmy de 2008 na categoria “Notícia”.

Globo, William Bonner
O acidente do avião da TAM é considerado como uma das maiores tragédias do Brasil (Foto: Milton Mansilha)

VÍDEO YOUTUBE: Leonardo é menosprezado pelo próprio filho João Guilherme 

Quem escreve

Bianca Santos

Bianca respira comunicação desde os 15 anos e se tornou uma radialista especializada em redação. É apaixonada por escrever sobre o mundo das celebridades e busca informar o leitor sem deixar a descontração de lado.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários