Celebridades

Celebridades

Saiba por onde anda Ricardo de Pascual, o eterno Senhor Furtado de “Chaves”

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O que muitas pessoas procuram saber é o destino dos atores que interpretaram personagens em suas séries favoritas. Um deles é o mexicano Ricardo de Pascual, que participou do seriado “Chaves”. Atualmente, ele está mais com cara de vovô e longe das câmeras.

Recentemente, descobriu oito tumores espalhados pelo corpo, que já está em tratamento. Para tranquilizar seus fãs, o ator postou em suas redes sociais ” Já me entregaram os resultados dos tumores que me retiraram. Foram oito (seis lipomas, um angiolipoma e um elastofibroma). Felizmente são benignos, sem evidências de que são malignos. Obrigado, meu Deus “.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Ricardo de Pascual fez personagens pequenos, porém fundamentais em “Chaves”. No episódio “A Venda da Vila” (1976), interpretou Sr. Calvillo, que tentou comprar a vila do Sr. Barriga (Edgar Vivar).

No episódio “O Ladrão da Vila” (1976), deu vida a Sr. Furtado, morador que roubava objetos da vizinhança. Os moradores acusaram Chaves (Roberto Gómez Bolaños) de ter cometido os crimes e gritaram “ladrão!”. Ele também interpretou o garçom de Dona Florinda (Florinda Meza) e o anão Soneca na releitura de “Branca de Neve” em “Chapolin”.

Após o fim da série nos anos 1980, Pascual passou a se dedicar ao humor e a filmes independentes. Nos anos 1990, teve diversas participações em novelas, porém sem muita expressão.

Veja também

VÍDEO YOUTUBE: Notícia URGENTE na RedeTV + Fátima Bernardes bate-boca com a Globo

Quem escreve

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários