Celebridades

Silas Malafaia briga feio com Fábio Porchat e ataca o famoso gratuitamente: “Covarde e frouxo”

Silas Malafaia se revoltou com Fábio Porchat em publicação (Foto: Reprodução)
Silas Malafaia se revoltou com Fábio Porchat em publicação (Foto: Reprodução)

Silas Malafaia arrumou uma briga grande com o humorista Fábio Porchat em uma rede social e ofendeu o profissional em postagem

Um dos pastores mais polêmicos do Brasil, Silas Malafaia voltou a arrumar encrenca com peixe grande nas redes sociais em pleno fim de ano. Dessa vez, o alvo do líder da Assembleia de Deus foi o humorista e nome mais famoso do canal Porta dos Fundos, o ex-apresentador da Record, Fábio Porchat.

Porchat e todo o elenco do Porta dos Fundos, vale recordar, viraram alvo de grupos reacionários e de religiosos recentemente por causa do especial de fim de ano produzido por eles e exibido pela Netflix. Na produção, Jesus é representado como um homossexual, o que despertou ira de muita gente nas redes sociais.

Silas Malafaia, por exemplo, detonou o apresentador em seu Twitter. “Porchat! O que você fez é contra a lei, deixe de ser dissimulado e vai ler o artigo 208 do código penal. Você gosta de brincar? Vá brincar com o islamismo do mesmo jeito que você brincou com o cristianismo! Você não brinca com eles porque é um covarde e frouxo. Grande otário!”, escreveu ele.

Gregório Duvivier e Fabio Porchat na esquete Primeira Tentação de Cristo, do Porta dos Fundos (Foto: Reprodução/Netflix)
Gregório Duvivier e Fabio Porchat na esquete Primeira Tentação de Cristo, do Porta dos Fundos (Foto: Reprodução/Netflix)

Recentemente, mesmo se declarando favorável à liberdade de expressão, Silas Malafaia defendeu a censura contra o especial. Ele cita o artigo 2018 do código penal que prevê pena para quem “escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso”.

A Constituição Federal, no entanto, deixa claro que “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”. O pastor, no entanto, argumenta que o especial da Netflix não é “liberdade de expressão” por supostamente ofender os cristãos.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.