Globo

Globo

Urgente! Globo é acusada de falsificar documento da morte de Marielle: “Dramatização”

Globo é acusada de forjar documento sobre morte de Marielle - Foto: Reprodução
Globo é acusada de forjar documento sobre morte de Marielle – Foto: Reprodução

Três anos depois do crime, o ocorrido voltou a virar assunto e até a Globo foi envolvida na história

Há três anos, a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista, Anderson Gomes, chocou a todos e repercutiu nos quatro cantos do país. Mesmo com a prisão de dois suspeitos pelo assassinato, a polícia fluminense ainda não esclareceu se houve um mandante nem o motivo para a fatalidade.

Mas, o caso acaba de ganhar um novo capítulo, e desta vez envolvendo nada menos que a Rede Globo. Acontece que uma grave denúncia foi feita contra a emissora dos Marinhos por falsificação de documentos.

No programa do YouTube ‘Achismos de Maurício Meirelles’, o convidado da vez foi Rodrigo Pimentel, que entre outros assuntos, fez questão de afirmar que a Globo falsificou por inteiro um boletim de ocorrência para dramatizar a matéria sobre a morte da vereadora.

De acordo com Pimentel, o canal falsificou um boletim de ocorrência para tentar incriminar Bolsonaro (sem partido) pelo assassinato da parlamentar.

“Um amigo que era chefe da polícia civil, Marcos Vinicius, me chamou a atenção para um boletim de ocorrência que apareceu na matéria meio embaçado e nós olhamos o número, checamos no computador e o boletim não existia. A equipe de arte da Rede Globo, para dar dramatização na matéria, ‘meteu’ um documento que não existia. Foi uma coisa tão doida. Eu não queria que o Brasil chegasse a esse ponto”, contou ele, acusando a Globo forjar papéis.

Veja também

ASSASSINADA PELA MILÍCIA

Capitão veterano do BOPE, Rodrigo Pimentel ainda falou sobre Marielle no cenário político, destacando que a a ex-parlamentar foi eleita pelos moradores da zona sul carioca e citando os possíveis mandantes do crime.

“Marielle nem voto em favela teve, ela foi eleita pela zona sul. Acho que Marielle foi assassinada pela milícia. Ela tinha projetos de lei de ocupação do espaço urbano pelas favelas. Ela tinha projetos que esbarrariam em interesses de várias milícias”, comentou o policial.

Rodrigo Pimentel acusa Globo de forjar documento sobre morte de Marielle - Foto: Reprodução
Rodrigo Pimentel acusa Globo de forjar documento sobre morte de Marielle – Foto: Reprodução

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários