É SÉRIO?!

Verdade sobre aumento no Bolsa Família e anúncio por parte de Lula: 2 anúncios decisivos para 2024

10/12/2023 às 7h50

Por: Lennita Lee
Bolsa Família tem dois anúncios cruciais para 2024 (Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco)

Essa é a verdade sobre um possível aumento do programa social Bolsa Família, para o ano de 2024

Como muitos sabem o Bolsa Família é o principal programa social do Governo Federal. Ele que completou 20 anos de existência agora em outubro de 2023, é o maior responsável pela distribuição de renda e a erradicação da miséria e da fome.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Porém algumas verdades sobre um possível aumento do programa social, junto com um anúncio oficial por parte do governo Lula, deixa claro qual deverá ser a realidade do benefício para o ano de 2024

Anúncio do governo e verdade exposta

De acordo com o portal BMC News, o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, do Governo Lula, Wellington Dias, os critérios de elegibilidade para o programa deverão passar por reajustes de forma anual.

Com isso, o programa social deverá acompanhar os valores do salário mínimo e padrões internacionais.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Como já é do conhecimento de todos, o salário mínimo deverá ter mais um aumento no ano de 2024*, e com essa possível mudança é natural que o valor do Bolsa Família seja  reajustado também.

Veja também

Para saber mais sobre o assunto, clique aqui*

Atualmente, o público-alvo do benefício são famílias com renda per capita mensal de até R$ 218.

A intenção do governo federal, de acordo com Wellington Dias, é ampliar o alcance do Bolsa Família, aumentando seu limite de renda anual, além de beneficiar um número ainda maior de famílias.

Inicialmente, circulava a informação de que o benefício seria reajustado em 4%.

MAS ATENÇÃO! Apesar da projeção e tendência, levando em conta a proposta do Orçamento para 2024, NÃO EXISTE ainda uma previsão oficial de aumento no valor do Bolsa Família para o ano de 2024.

Porém, conforme informado pelo Ministro, eventuais reajustes deverão ser discutidos no ano seguinte, com vistas a uma implementação em 2025.

1-Acompanhando a realidade

De acordo com o Catraca Livre, para Wellington Dias, esse possível reajuste será baseado em diversos fatores, incluindo:

  • Valor dos alimentos
  • Salário mínimo
  • Inflação
  • Câmbio e dólar.

Essa abordagem visa garantir que o benefício acompanhe as mudanças econômicas e as necessidades reais das famílias brasileiras.

2-Outras medidas …

De acordo com o próprio Wellington Dias, a atualização cadastral será usada como uma das principais medidas para eliminar distorções e ampliar a base de beneficiários.

Além do reajuste do limite de renda e do aumento do número de beneficiários, outras medidas estão sendo discutidas para melhorar o programa.

Uma dessas ações é a elaboração de um plano para combater a evasão escolar observada em determinadas séries do ensino médio.

O ministro afirmou que estão sendo debatidas medidas que incluem:

  • A criação de uma bolsa e uma poupança para incentivar a frequência e a aprovação ao final de cada ano letivo.
  • Implementação de uma abordagem que uma poupança e crédito para fortalecer a iniciativa.

De acordo com Wellington Dias, é esperado que o presidente Lula tome uma decisão sobre as propostas ainda nesse fim do ano de 2023.

A ideia é que as mudanças no Bolsa Família continuem a promover a redução da desigualdade social e a melhor qualidade de vida para as famílias brasileiras.

Como é composto o Bolsa Família hoje?

Ainda de acordo com o portal Catraca Livre, enquanto  o valor do Bolsa Família para janeiro de 2024 não é definido, os beneficiários devem continuar recebendo os mesmos adicionais que são pagos atualmente.

Atualmente, o benefício é composto por diversas parcelas que buscam atender as diversas necessidades de cada formatação familiar:

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa da família.
  • Benefício Complementar (BCO): Garante que todas as famílias beneficiadas recebam, no mínimo, R$ 600.Benefício
  • Benefício Primeira Infância (BPI): R$ 150 a mais por criança de zero a sete anos incompletos.
  • Benefício Variável Familiar (BVF): R$ 50 pagos a mais para gestantes e crianças/adolescentes de 7 a 18 anos incompletos.
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): R$ 50 pagos para cada membro da família com até sete meses incompletos (nutriz), com início das transferências em setembro.

Isso sem falar no Vale Gás, pago de forma bimestral, que varia de acordo com o valor do botijão de gás, uma média de 110 reais, porém no ano de 2024, esse valor tende a aumentar*

 

🚨 Luto! Detalhes assustadores da morte de Nahim + Davi é flagrado + Tati Machado fora da Globo? 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras. Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ... Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.