Agora

Agora

Vômito e diarreia: A proibição da ANVISA contra marca popular de peixe que pode estar na sua geladeira agora

Pessoas enjoadas, logo da Anvisa e marca de peixe - Foto Reprodução Internet
Pessoas enjoadas, logo da Anvisa e marca de peixe - Foto Reprodução Internet

Se surpreenda com a proibição da ANVISA contra marca popular de peixe que pode estar na sua geladeira agora

E o famoso órgão de fiscalização, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, conhecida e querida por todos os brasileiros, faz proibição contra marca popular de peixe após vômito e diarreia que pode estar na sua geladeira agora.

Para quem não sabe, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, tem como função, regulamentar, controlar e fiscalizar os produtos e serviços que envolvam risco à saúde pública, podendo apreender, recolher, proibir, suspender armazenamento, comercialização e distribuição do produto, ou serviço.

Sabendo disso, a Anvisa, por meio do seu portal oficial, “gov”, proibiu a comercialização, a distribuição e o uso do atum ralado em óleo comestível com caldo vegetal, fabricado pela Cellier Alimentos Linha Profissional, SIF 3699, lote 08/05/23, fabricado em 08/05/2023 e com validade até 08/05/2025, no dia 18 de agosto do ano de 2023.

Segundo as informações, também foi determinado o recolhimento do produto do mercado, após a Agência receber um relato do Centro de Vigilância Sanitária de São Paulo (CVS-SP) sobre a ocorrência de surto em Centros de Educação Infantil (CEIs) de Campinas, no final de julho de 2023, após o consumo do alimento, com sintomas compatíveis com intoxicação alimentar por histamina.

Com isso, após exame laboratorial realizado pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), foi confirmado a contaminação do produto com valores acima dos limites tolerados pela legislação sanitária.

Veja também

Vale dizer que a histamina é uma substância que pode se formar após a morte de pescados, quando as condições de manuseio e armazenamento do pescado são inadequadas, e essa substância não é eliminada com o tratamento térmico do pescado (por exemplo, cozimento, esterilização comercial, defumação) durante a fabricação do produto final (como atum embalado), o que aumenta o risco.

Na publicação da Anvisa, a Agência ainda informou os sintomas causados pela contaminação por histamina, quando disse: “O consumo de alimento contaminado por histamina pode causar dormência, formigamento e sensação de queimação na boca, erupções cutâneas no tronco superior, queda de pressão, dor de cabeça, coceira na pele, podendo evoluir para náusea, vômito e diarreia”, disse.

E continuou: “A doença geralmente é leve e os sintomas desaparecem em poucas horas. Idosos e pessoas com problemas de saúde, porém, podem ter sintomas mais graves”, explicou a Anvisa.

Vale dizer que a marca segue funcionando normalmente e vendendo seus produtos nos mercados, contudo, segue sem a linha envolvida no ocorrido com a Anvisa.

Qual a maior produtora de peixe do Brasil?

Segundo o portal “assembleia”, o maior produtor de peixe de cultivo, em 2022 foi o Paraná, que atingiu a marca de 194.100 toneladas, volume 3,2% maior do que as 188.000 toneladas de 2021 e sozinho, o Paraná representa 22,5% da produção nacional.

🚨 Davi vai ser expulso no BBB24? + Ivete é INTERNADA + Jojo é traída e se VINGA

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Assuntos

AnvisaCellier

Quem escreve

Rafael Silva

Eu sou Rafael Silva, tenho 28 anos e sou Arquiteto e Urbanista por formação pela Universidade Potiguar. Viciado em estar por dentro de tudo que acontece, sou Redator Web por vocação. Sempre foi apaixonado por escrita e leitura e me encontrei no mundo do entretenimento. Acompanho a vida dos famosos e celebridades diariamente pelos seus perfis das redes sociais e faço matérias sobre as fortunas dos artistas e suas mansões elegantes . Adoro jogar vídeo game e assistir séries e filmes. Minhas redes sociais são: [email protected]