William Bonner

William Bonner, após declarar ‘guerra contra Record’, vê reviravolta, cria plano bombástico mas é impedido na Globo

William Bonner, na bancada do Jornal Nacional (Foto: Montagem)
William Bonner, na bancada do Jornal Nacional (Foto: Montagem)

TV Globo é barrada de exibir matéria sobre filho de Jair Bolsonaro e guerra contra Record é exposta

Uma verdadeira guerra política vem acontecendo no Brasil. Polarizadas, TV Globo e Record parecem ter voltado a disputar suas causas com armas nos bastidores. Desta vez William Bonner e equipe de jornalismo da emissora carioca sofreram uma derrota na justiça.

+ CNN Brasil surpreende e tira apresentador da Globo após 30 anos

+ Após novo relacionamento, Fernanda Souza se revela ao público, confirma tudo e assusta com verdade: “Convive comigo”

Nesta sexta-feira, 4, uma juíza decidiu proibir a TV Globo de exibir qualquer documento ou peça das investigações a respeito da ‘rachadinha’ no gabinete de Flávio Bolsonaro, filho do presidente.

O fato pode ser interpretado com uma verdadeira facada em William Bonner e sua equipe, que cobrem o caso desde que as investigações foram iniciadas. Já a Record, que tem se mostrado mais favorável à política de Jair Bolsonaro, pode ter vencido mais esta disputa.

Bolsonaro e Record se unem contra a Globo (Foto: Divulgação)
Bolsonaro e Record se unem contra a Globo (Foto: Divulgação)

GUERRA GLOBO VS RECORD

Nas últimas semanas uma disputa nos bastidores parece ter tomado o protagonismo das maiores emissoras de TV do país. De um lado, Record que é comandada por Edir Macedo, da Universal e de outro Globo, emissora carioca da família Marinho.

Tudo começou quando a Record estampou no seu principal programa, o Domingo Espetacular, uma acusação contra alguns executivos do Grupo Marinho. William Bonner e equipe de jornalismo do canal se viram na obrigação de emitir nota sobre o fato.

O que a Record levantou foi a declaração do doleiro Dario Messer, que entregou o fato de ter levado pacotes de 50 mil a 300 mil dólares para pagamentos à executivos do canal. Logo depois da investida, William Bonner fez um pronunciamento a respeito do ataque no Jornal Nacional:

“A respeito de notícias divulgadas sobre a delação de Dario Messer, esclarecemos que Roberto Irineu Marinho e João Roberto Marinho não têm e nunca tiveram contas não declaradas às autoridades brasileiras no exterior”, disse Bonner em nota oficial da TV Globo.

+ Silvia Abravanel cai do cavalo, fica sem andar e passa por cirurgia para recuperar movimento: “Pensando positivo”

+ Ana Maria Braga é anunciada fora da Globo, guerra com emissora explode e estreia em programa ganha data: “Conseguiu”

William Bonner
William Bonner já documentou oficialmente sua saída do Jornal Nacional (Foto: Reprodução / TV Globo)

WILLIAM BONNER CONTRA-ATACA

Ainda nesta última semana, a TV Globo investiu suas forças em um contra-ataque indireto. O jornalismo do canal investigou e jogou no ventilador um esquema da prefeitura do Rio de Janeiro, comandada por Marcelo Crivella, sobrinho de Edir Macedo, da Record.

A primeira matéria foi exibida no telejornal comandado por William Bonner e expôs os chamados “Guardiões do Crivella”, funcionários com salário da prefeitura pagos para interromper entradas ao vivo e gravações da TV Globo.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Gustavo Almeida