William Bonner

William Bonner e Renata interrompem o JN e tragédia envolvendo Kajuru é exposta na Globo: “Aconteceu hoje”

William Bonner
William Bonner iniciou o JN falando sobre a polêmica envolvendo Jorge Kajuru (Foto: Reprodução)

Os âncoras começaram o principal telejornal do país falando sobre a crise política causada pela pandemia

William Bonner e Renata Vasconcellos abriram o JN desta última segunda-feira (12) abordando as principais no notícias do país e uma delas envolvia o ex-apresentador de TV e atual senador da república, Jorge Kajuru [Cidadania], que se envolveu em um tremendo escândalo com o presidente Jair Bolsonaro [Sem partido].

“Mais de 355 mil brasileiros mortos na pandemia”, informou Bonner antes de passar a palavra para Renata, durante a escalada do Jornal Nacional.

“Em conversa com o senador Jorge Kajuru, o presidente Jair Bolsonaro xinga e fala em agredir o parlamentar que pediu a instalação da CPI da pandemia, Randolfe Rodrigues”, relatou Renata antes de dar início ao principal telejornal da Globo.

TRAGÉDIA DE KAJURU

Já próximo do final do JN, Bonner interrompeu o noticiário e convocou a reportagem sobre a conversa vazada de Kajuru e Bolsonaro, na bancada, o âncora ressaltou o clima tenso em Brasília.

“A temperatura ficou alta durante todo o dia em Brasília. Depois da divulgação de uma conversa do presidente Jair Bolsonaro com o senador Jorge Kajuru, a oposição acusou Bolsonaro de tentar interferir na autonomia dos poderes e o Cidadania anunciou que vai pedir que Kajuru deixe o partido”, disparou William Bonner.

Na reportagem feita por Júlio Mosquera, o jornalista evidenciou que apesar da intenção de Kajuru de ajudar Bolsonaro em um suposta CPI, o tiro acabou saindo pela culatra, já que o comunicador foi chamado de traidor pelo presidente e deverá ser expulso do atual partido, uma verdadeira tragédia para o ex-apresentador.

Jorge Kajuru JN
Conversa entre Jorge Kajuru e Jair Bolsonaro foi exibida no JN (Foto: Reprodução)

“O que aconteceu hoje foi algo raramente visto na história da política, Kajuru tentando ajudar, piorou ainda mais a situação de Bolsonaro”, opinou um telespectador no Twitter. “Meu deus, achei que o Kajuru só fizesse merd@ na televisão, mas faz no senado também”, apontou um segundo internauta.

LUTO NA BANCADA

Como não poderia ser diferente, William Bonner e Renata Vasconcellos também reservaram grande parte do JN para falar sobre a crise sanitária causada pela Covid-19. E assim como Bonner disse no início do jornal da Globo, o país atingiu mais um recorde negativo.

Renata Vasconcellos
Renata Vasconcellos e Bonner no JN (Foto: Divulgação/Globo)

“O Brasil bateu um novo recorde na média de mortes diária pela Covid. O Alan Severiano tem agora os dados da pandemia, atualizados pelo consórcio de imprensa”, disse Renata Vasconcellos ao chamar o jornalista com o boletim de dados da terrível doença.

“A média diária é uma forma melhor de entender a evolução da pandemia, porque ela corrige as variações entre os registros que são maiores nos dias uteis e menores no final de semana”, explicou Alan, que continuou:

“O que a média mostra é que o Brasil atingiu o pior momento da pandemia até agora, com média de 3.125 mortes por dia, totalizando 355.031 vítimas da pandemia”, concluiu o jornalista em luto por todas as famílias que sofreram com o Coronavírus.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Erick Martins