Zezé Di Camargo

Zilu e Zezé se juntam de forma histórica, exigem 3 milhões da RedeTV! e anunciam união jamais imaginada

Zilu Camargo e Zezé Di Camargo se juntam (Reprodução)
Zilu Camargo e Zezé Di Camargo se juntam (Reprodução)

Artistas se uniram devido a um processo realizado anos atrás

Casados por 30 anos, Zezé Di Camargo e Zilu Camargo tiveram uma baita separação polêmica. Mesmo após sete anos, os artistas – de vez em quando – alfinetam um ao outro nas redes sociais. No entanto, o cenário mudou, pois os dois se uniram novamente.

Os amantes do ex-casal não podem comemorar, a união foi somente por conta de um processo jurídico, eles não reataram a relação. Zezé e Zilu devem tomar parte de uma verba de mais de R$ 3 milhões da RedeTV! na justiça.

Durante anos, os artistas não receberam suas partes, no entanto, a emissora venceu um processo contra uma produtora. Por conta disso, a defesa do ex-casal pediu a penhora de R$ 529 mil do que Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho vão adquirir.

Zezé e Zilu processaram a emissora em 2004 por conta de uma ofensa realizada durante um quadro exibido no “TV Fama”. A vida dos famosos foi retratada como uma “novela mexicana”, por conta disso, os nomes dos familiares forem trocados:  Wanessita Amargurada Camargo, Zuleide Zuada Camargo e o sertanejo ficou como José Filha Faz o Que Quer Camargo.

+Se Joga volta ao ar na Globo, toma lugar do Mais Você e tem novos detalhes divulgados

+Audiência 12/01: SBT vive noite histórica, derrota Globo no Ibope e explode com número não visto há uma década

Logo no primeiro processo, Zezé e Zilu pediram uma indenização de R$ 1,1 milhão. Os anos se passaram e a briga se intensificou na justiça, até que a emissora fechou um acordo para pagar R$ 407 mil de danos morais em 2019. No entanto, o pagamento ainda não foi feito.

No mesmo ano, o sertanejo e a socialite se uniram contra a emissora. Em fevereiro de 2020, eles se manifestaram e pediram a penhora de R$ 529 mil da quantia que a empresa tem para ganhar de um processo realizado pela G2PTV. No entanto, até o momento, nem a RedeTV! recebeu da G2PTV, nem Zezé e Zilu.

De acordo com o “Notícias da TV”, os advogados do ex-casal entraram em contato com a produtora. No entanto, eles afirmaram que não irão pagar a emissora tão cedo pois os “valores irrisórios e insuficientes para o pagamento”. Em dezembro último, o juiz do caso deferiu “penhora no percentual máximo de 20% do faturamento líquido mensal da executada [a produtora]”. Ou seja, o  débito com juros e correção monetária chegou a R$ 3,3 milhões.

+Jornalista desmascara Marina Ruy Barbosa e expõe caso com marido de Rebeca Abravanel: “Há dois meses”

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Giovana Mori