Palmeiras: confira tudo sobre o time

Palmeiras: confira tudo sobre o time

De Leila VINGADA, debandada e até adeus de Abel: 3 pesadelos exorcizados pelo Palmeiras até o 12º título

Palmeiras Duodecacampeão brasileiro (Montagem - TvFoco)
Palmeiras Duodecacampeão brasileiro (Montagem - TvFoco)

De crise e falta de jogadores, lesão de Dudu, surgimento de Endrick e mais: A trajetória que fez do Palmeiras, 12 vezes campeão brasileiro

É oficial! O Palmeiras é campeão brasileiro pela 12ª vez, a equipe de Leila Pereira comandada por Abel Ferreira entrou em campo podendo até perder já que o alto saldo de gols garantia a vantagem sobre o Atlético Mineiro e o Flamengo.

Mas como campeões que são, visitaram o Cruzeiro, que se garantiu na Série A do Brasileirão para 2024 e empataram, garantindo um ponto final na classificação. O resultado foi 1 a 1, gol do Endrick pelo Palmeiras e Nikão pelo Cruzeiro.

O Palmeiras escreveu mais um lindo capítulo na história do clube, em um 2023 complicado, com muitas manifestações e críticas da torcida, mas que no final, entregou 2 títulos importantes para o clube.

Hoje nós vamos mergulhar e nos aprofundar na história do Brasileirão do Palmeiras, passando por detalhes fundamentais que trilharam a trajetória brilhante do clube na conquista do bicampeonato seguido e no 12º título do campeonato mais importante dentro do Brasil.

Mais do que três pontos fizeram a história do Palmeiras nessa temporada e vamos desenrolar nossa história a partir deles.

Veja também

POR QUE LEILA PEREIRA NÃO CONTRATOU NINGUÉM?

A primeira e talvez mais importante para dar início a trajetória do Palmeiras em busca desse título parte da falta de reposição do elenco do Palmeiras esse ano.

Leila Pereira fez duas grandes vendas na janela de transferências do início do ano. Danilo e Gustavo Scarpa, dois dos pilares do clube nas conquistas anteriores.

Danilo, segundo informações da ESPN, rendeu ao Palmeiras 80 milhões de Euros, já que era um dos principais nomes e que comandava o meio campo do verdão.

Após a conquista do Paulistão, o Palmeiras deu início ao campeonato Brasileiro e a busca pelo 12º título, dentro de casa um 2 a 1 no Cuiabá deu início a uma trajetória que não seria nada fácil.

Isso porque uma pedra no caminho, uma equipe que ninguém imaginava que seria tão surpreendente teve um início de campeonato fulminante.

Em busca do Botafogo, verdão chegou a ficar 13 pontos de distância

Luís Castro, John Textor, Tiquinho Soares e uma jovem equipe colocou o Botafogo com 14 vitórias em 18 jogos no primeiro turno, vencendo, inclusive, o Palmeiras, por 1 a 0.

O Botafogo iniciou o segundo turno com 13 pontos de vantagem para o vice colocado, que na época, era o Grêmio. O verdão ocupava a terceira colocação com 34 pontos, empatado com o tricolor gaúcho e com a diferença exorbitante ara o líder.

Duas eliminações em um mês, derrota para o cotado ao rebaixamento, Santos, e liminar contra a Mancha Verde

No meio do ano, Leila Pereira viveu um dos piores momentos na sua trajetória como Presidente do Palmeiras, as duas eliminações nas duas copas que disputava.

O Palmeiras enfrentou o São Paulo nas quartas de final da Copa do Brasil, era o grande favorito já que a equipe de Dorival Júnior nunca havia conquistada a competição.

Mas, duas derrotas em dois jogos brilhantes do tricolor paulista culminaram no fim precoce do Palmeiras na competição, iniciando a pressão para a conquista da Libertadores e os gritos em protesto contra Leila Pereira.

O problema é que pouco menos de um mês depois, dois jogos culminaram na eliminação do Palmeiras na Libertadores para uma das únicas equipes que Abel Ferreira nunca conseguiu eliminar, o Boca Juniors.

Um empate em 0 a 0 com uma péssima atuação na La Bombonera e uma equipe limitada no Allianz levaram as duas equipes aos pênaltis, e no final, 4 a 2 e os argentinos comemorando na cara dos palmeirense.

“Ô Leila, vai se fu***, o meu Palmeiras não precisa de você”, foi um dos protestos da torcida, além de pichações nas agências da Crefisa, empresa a qual ela é dona, e no CT da Barra Funda, e xingamentos nas redes sociais.

Com medo de maiores problemas, segundo o ge, Leila Pereira conseguiu liminar aprovando a medida protetiva contra os líderes da Mancha Verde.

O pior disso tudo é que na semana o Palmeiras sofreu uma de suas piores derrotas na competição, um 2 a 1 para o Santos, que nessa competição, brigou apenas para não cair, estabilizou uma ‘crise’, que ficou por um tempo, mas, não abalou o sentimento vitorioso que os jogadores carregam ao vestir verde e branco.

Sem novos reforços, adeus ao Dudu, adeus ao Gustavo Gomez e Abel Ferreira

Para piorar a sua situação com a torcida, Leila Pereira pela primeira vez desde que assumiu o comando do Palmeiras não contratou ninguém na janela de transferências do meio do ano.

Em entrevista ao ge, ela pediu calma aos torcedores, disse que não ia vender ninguém que é importante para o esquema tático de Abel Ferreira mas também não gastaria dinheiro com ninguém que chegasse para agregar o elenco.

Resultado? Quase que Gustavo Gómez e Abel Ferreira dão adeus precoce ao elenco. Gustavo Gomez confirmou em entrevista a ESPN que recebeu sondagens e uma proposta do Al Nassr, equipe de Cristiano Ronaldo, disse que não era hipócrita em negar que a proposta era muito boa, mas, se comprometeu em ficar com o Palmeiras até o final de seu contrato.

E Abel Ferreira, segundo Jorge Nicola, também recebeu propostas para sair do verdão e ir para a Arábia, mas nada foi confirmado pelo técnico português que também ficou no clube.

Conseguindo se estabilizar no campeonato Brasileiro mas ainda na busca do Botafogo, que até então se mantinha entre 9 e 7 pontos de Grêmio e Palmeiras, o melhor atacante do Palmeiras, Dudu, sofreu uma das piores lesões para jogadores de futebol.

Na vitória contra o Vasco, Dudu sofreu duas lesões, no menisco e ruptura de ligamento cruzado anterior, segundo o Ge, ficando fora do Palmeiras com previsão de volta só no meio de 2024.

Nascimento de um craque, Endrick, e a volta do criticado, Breno Lopes. Palmeiras assume a ponta da tabela

Com elenco curto, Abel Ferreira colocou sua genialidade a prova, 3 zagueiros, Mayke no ataque, Piquerez como Ala foram algumas das radicais mudanças que deram uma cara nova no Palmeiras nessa reta final, agora focando totalmente no Brasileirão.

Talvez a principal mudança foi a de Endrick, que no começo do ano fez 12 jogos sem marcar gols, passou a levantar os questionamentos se ele deveria realmente fazer parte do profissional do verdão aos 17 anos, voltou para realmente se provar como craque.

Ao lado de Rony, também criticado, Endrick substituiu Dudu a altura, tomou o comando como um ‘novo experiente’ jogador e fez 11 gols pelo Palmeiras, assumiu a camisa 9 e trilhou o Palmeiras no ataque para retomar a rédea dos jogos.

Breno Lopes também tem papel fundamental nos jogos. Ele era muito criticado pela torcida, xingado e constantemente não jogava bem.

Mostrou o dedo do meio e pediu desculpas para a torcida pouco tempo depois e fez mais um ‘gol de título’ na última rodada, contra o Fluminense, na vitória que colocou o Palmeiras na vantagem que levou a poder até perder contra o Cruzeiro na última rodada.

‘Jogo do Título’, liderança garantida e a 12ª taça na prateleira

O Brasileirão é um campeonato de pontos corridos, portanto, não tem uma ‘final’. A não ser que o seu time possa arrancar 13 pontos de diferença e assumir a liderança.

Assim Botafogo e Palmeiras entraram na 31ª rodada, na reta final, nos últimos momentos. Para piorar, o Botafogo fez o melhor primeiro tempo da sua história na competição, abriu 3 a 0 e foi para o intervalo com o ‘título’ garantido.

O problema é que no retorno, o Palmeiras colocou as 11 taças em campo, contou com a estrela de um futuro craque, Endrick, que marcou os dois primeiros gols do verdão, antes do segundo, Tiquinho Soares perdeu um pênalti.

Flaco Lopez empatou aos 44 do segundo tempo e Murilo, em um cruzamento brilhante, parecendo câmera lenta em filmagem de cinema de Raphael Veiga, concluiu uma das maiores reviravoltas da história do Brasileirão aos 54 minutos do segundo tempo.

O Palmeiras ganhava ali, o jogo mais importante da competição, empatava com o Botafogo em pontos e colocava uma das mãos na taça.

Desde então o verdão perdeu apenas para o Flamengo, por 3 a 0, onde (quase) desestabilizou o clube, mas, somou pontuação nos jogos:

  • 1 x 0 Athletico
  • 3 x 0 Inter
  • 1 x 1 Fortaleza
  • 4 x 0 América
  • 1 x 0 Fluminense
  • 1 x 1 Cruzeiro

O Flamengo tropeçou contra o Atlético Mineiro, que também entrou na disputa, o Botafogo não conseguiu mais somar, o Grêmio e o Bragantino se distanciaram e assim o verdão chegou.

Chegou por total mérito dos jogadores e do genial técnico Abel Ferreira, que só não ganhou tudo em dobro no Palmeiras porque Copa do Brasil foi apenas uma .

Da resiliência, compaixão e companheirismo dos seus atletas, na juventude e vontade de Endrick, na ressurreição de Breno Lopez, na reciprocidade de Zé Rafael em aceitar jogar em uma posição que não era a dele, na experiência do Weverton e na amizade que fez do Palmeiras a melhor equipe do Brasil.

O Palmeiras levanta sua segunda taça seguida, de 12 que estão na prateleira, se coloca entre as maiores equipes do mundo, posição essa ao qual o clube figura há bons anos e ainda deixa Leila Pereira tirando onda nas redes sociais.

Parabéns, Palmeiras, Duodecacampeão Brasileiro!

Palmeiras Duodecacampeão brasileiro (Montagem - TvFoco)
Palmeiras Duodecacampeão brasileiro (Montagem – TvFoco)

🚨 Fátima Bernardes na Record + Thais Fersoza expõe farsa no BBB24 + Globo obriga Rodriguinho a se "humilhar" por Davi

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA