A Dona do Pedaço Novelas

A Dona do Pedaço: Maria da Paz recupera a fábrica, enfrenta Fabiana e a escorraça

Fabiana não cede e incendeia guerra contra Maria da Paz
Fabiana e Maria da Paz em A Dona do Pedaço (Foto: Montagem/ TV Foco)

Maria da Paz baterá de frente com Fabiana em A Dona do Pedaço após grande reviravolta

Em A Dona do Pedaço, novela da faixa das 21h da Rede Globo, Maria da Paz (Juliana Paes) irá bater de frente com Fabiana (Nathalia Dill).

Com o documento em mãos da falsa passagem da fábrica para Josiane (Agatha Moreira), Amadeu (Marcos Palmeira) não perderá tempo e começará os trâmites para recuperar a fábrica para a boleira oficial.

Com os papéis em mãos, Amadeu e Maria da Paz irão até a fábrica para enfrentar Fabiana. “Que é isso? Vai entrando, como se fosse sua casa? Marcou hora? Não marcou, se tivesse marcado eu saberia. Faça o favor. Se quer falar comigo, saia daqui e marque hora, Maria da Paz”, dirá a vilã ao dar de cara com os mocinhos.

“Não vou marcar hora na minha própria fábrica”, retrucará a personagem de Juliana Paes. “Sua fábrica, ainda continua com essa ilusão?”, debochará a vilã. “A Bolos da Paz é minha, Fabiana. E eu achei o documento que me devolve a posse da fábrica”, continuará Maria da Paz.

Fabiana ficará sem acreditar e Amadeu mostrará os papéis. “Essa é uma cópia, não adianta rasgar”, dirá o advogado. “Eu jamais pensaria em rasgar. Esse documento… Diz o quê?”, perguntará ela.

“Esse documento anula a passagem da fábrica para o nome da Josiane. E por extensão, sua compra foi anulada também. Vai ter que sair daqui, Fabiana. Vai ter que devolver a fábrica pra Maria da Paz”, dirá Amadeu.

“Como assim, devolver a fábrica? A Maria da Paz sempre delirou a respeito desse tema. Mas você, Amadeu, um advogado, um homem sério, vai dar importância à loucura da Maria da Paz?”, perguntará a vilã cara de pau.

“Fabiana, louco eu seria se viesse aqui sem documento nenhum. Veja esse documento. Ele reconhece que a passagem da empresa para o nome da Josiane foi simulada”, explicará o Amadeu. Sem saída. a ex noviça mudará seu discurso.

“Eu não conheço muito sobre Direito, leis… Mas, pelo que você está falando, tem sentido. Embora a gente possa fazer um acordo, não é, Maria da Paz? Nós somos parentes. Eu sou sua sobrinha. Os laços de sangue importam mais do que qualquer documento. Não vai me tomar a fábrica, sei que sempre quis conhecer suas sobrinhas. Uma é a Vivi, a outra sou eu. Estou de braços abertos, venha, me dê um abraço. Vamos resolver tudo em família”, falará ela.

“Fabiana, você me enxotou da fábrica. Não quis saber. Me humilhou. Agora que eu achei o documento, que eu vou tomar posse da fábrica, lembrou que temos laços de sangue? Desculpa, mas você é muito interesseira”, disparará Maria da Paz.

“Eu sei que a fábrica está em boa situação. Você fica com todo capital de giro. Leva todo dinheiro que a fábrica tem em caixa”, dirá ele, forçando Fabiana a deixar a empresa.

Após a conversa, Fabiana procurará Antero para saber sobre a sua situação e lhe dê alguma solução do que fazer.

“Eu nem precisava ler esse documento. Eu mesmo preparei”, falará o advogado. “Eles me fizeram uma proposta. Financeiramente não é má. Querem que eu fique com todo dinheiro em caixa, capital de giro, tudo… É uma boa soma”, dirá a ex noviça.

“Com esse documento na mão o Amadeu consegue uma liminar. Pode perder a fábrica mais depressa do que pensa. Quer meu conselho? Aceite. Devolva a fábrica para a Maria da Paz. Ficará rica, não é?”, questionará ele.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Aloizio Júnior

Aloizio Júnior ingressou na faculdade de Direito, mas é encantado por Medicina e hoje em dia é um vestibulando. Falar sobre TV sempre foi um hobby e faz isso desde 2008. Atento sobre todas as novidades no mundo da TV, entrou para a equipe do TV Foco em agosto de 2012.