Globo

GloboUm Lugar ao Sol

Andréa Beltrão dá entrevista ao Fantástico e expõe relevância da cena de masturbação em Um Lugar ao Sol

Andréa Beltrão sobre cena de masturbação ao Fantástico (Foto: Reprodução/ TV Globo)

Andréa Beltrão quebra tabus ao voltar para novelas, mesmo após 21 anos afastada da dramaturgia e dá entrevista ao Fantástico

Andréa Beltrão está de volta às telenovelas no papel de Rebeca, em Um Lugar ao Sol, a nova novela das nove. A atriz causou polêmica no público e roubou a cena que lhe é merecida na trama da TV Globo. Vinte anos após deixar as telenovelas, dedicando-se a sitcons e séries da emissora, ela já causou polêmica com a cena em que sua personagem se masturba após negar fazer sexo com o marido.

Neste domingo, 19 de dezembro, Andréa Beltrão deu uma entrevista ao Fantástico, na qual fala a respeito da personagem e das polêmicas em torno da cena de masturbação. Para ela, é um tabu que desinforma em vez de prestar qualquer serviço para o público, principalmente por ser desnecessário. “Quem é que não se masturba na vida?”, questionou a atriz no começo da entrevista.

+Maiara dá beijão em Fernando durante show ao vivo e reação de Maraísa surpreende no embalo de “Supera”

Andrea Beltrão é Rebeca em Um Lugar ao Sol (Foto: Reprodução/Globo)
Andrea Beltrão é Rebeca em Um Lugar ao Sol (Foto: Reprodução/Globo)

Para Andréa Beltrão, há uma conexão muito grande entre personagem e intérprete, mas que não é exclusividade da atriz, mas da mulher que está na mesma faixa-etária que Rebeca. “Eu acho que a Rebeca, eu tenho muito dela, ela tem de mim. Quando eu vou ao médico e me perguntam quando eu entrei na menopausa, até essa pergunta me irrita. Isso parece que é uma pergunta tipo ‘Quando você morreu? Quando você parou de sentir prazer?’ Eu não me sinto confortável. Será que a gente não tem outra forma, mais leve, de falar desse assunto?”, questiona.

Andréa Beltrão ainda destaca que a autoestima feminina é um tema pouco comentado, mas já deixou claro que se sente muito mais bonita agora do que em sua juventude.

Veja também

Ainda falando da personagem, Andréa Beltrão ressaltou que Rebeca poderia se tornar um símbolo sexual para os homens em vez de um exemplo de mulher a ser seguido e admirado. Ainda assim, acredita que eles aprenderem com o que viram em cena – ou leram em repercussão – já é um grande sucesso. “Eu preferia que eles não aprendessem tanto e tivessem o maior tesão por ela, porque seria uma libertação!”, reflete.

+Bil Araújo, ex-peão de A Fazenda 13 e vice-campeão do reality rural, reencontra colegas do BBB21

Autora comenta da relevância do tema

Lícia Manzo, autora da novela, explicou que a cena não poderia ser menos necessária para a atualidade. Afinal, quando nós começamos a demonizar o orgasmo feminino? E o prazer da mulher de meia-idade. Ela lança essas perguntas subjetivamente, ao criticar os tradicionalistas que se opuseram à exibição da cena e a consideraram inconveniente.

Lícia Manzo ainda explicou, enquanto relatava que o orgasmo da mulher não deve ser omitido.“Eu li muitas vezes ‘Cena desnecessária’, ‘Cena desnecessária’. Eu acho que é uma cena muito necessária. Desnecessário é aquilo que não precisa ser discutido. E eu acho que isso ainda precisa muito ser discutido. Eu tenho 56 anos e tenho lugar de fala sobre o assunto. Eu vivo isso”, concluiu.

VÍDEO YOUTUBE:  Léo Dias DESMASCARA Samantha Schmütz: "Deu nota falsa e fuma maconha"

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários