CHOCANTE

Risco fatal e ordem da Anvisa: 10 marcas de azeite são retiradas e estão banidas do Assaí, Carrefour e+

22/05/2024 às 20h04

Por: Diego Laureano
Imagem PreCarregada
Fachada da Anvisa e azeites retirados dos mercados (Foto: Reprodução / Canva)

10 marcas de azeite foram barradas pela Anvisa

A Anvisa (Agência Nacional da Vigilância Sanitária) é a responsável por fiscalizar se os produtos expostos aos consumidores estão seguindo as regras sanitárias. Sendo assim,10 marcas populares de azeite foram retiradas às pressas dos mercados como Assaí, Carrefour, entre outros.

Siga o Tv Foco no Telegram

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Em 19 de março de 2024 a Anvisa registrou uma medida cautelar contra 10 marcas de azeite. A mesma faz parte dos desdobramentos da Operação Getsêmani que identificou esquema ilícito de importação, adulteração e distribuição de azeite de oliva fraudados.

SAIBA MAIS! Pedaços de metal: Anvisa decreta retirada de 3 marcas populares de aveia, bolacha e +1 doce dos mercados

O azeite é um dos produtos mais utilizados nos preparos das mais diversificadas comidas, desde carne, ovo, salada entre outras outras.

Siga o Tv Foco no WhatsApp

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Sendo assim, os consumidores devem se atentar além da validade dos produtos, se os lotes dos mesmos possuem alguma restrição do órgão fiscalizador.

Veja também

Assaí e Carrefour (Foto: Reprodução / Canva)

Desde 2020, o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) emitiu um alerta para Associação Brasileira de Supermercados sobre azeites falsificados.

Na época, de acordo com informações do portal G1, os produtos eram vendidos como azeite de oliva extra virgem, mas na verdade eram óleo de soja.

Hugo Caruso, coordenador-geral de Qualidade Vegetal da Secretaria de Defesa Agropecuária, reforça que não é permitido vender azeites com forma de óleo de soja.

“A adulteração e falsificação de azeite de oliva não se trata exclusivamente de fraude ao consumidor, mas de crime contra a saúde pública”, disse o coordenador.

Vale lembrar que os azeites falsificados são proibidos em qualquer mercados, como Assaí, Carrefour, Pão de Açúcar e outros, até os dias atuais.

Substância duvidosa e venda PROIBIDA A marca de azeite famosa arrancada com urgência dos mercados
Marca de azeite (Foto: Reprodução / Canva)

QUAIS AZEITES FORAM BARRADOS?

Ocorre que de acordo com informações do portal Gov do Ministério da Agricultura e Pecuária, a Anvisa emitiu um Decreto nº 11.130.

Aos consumidores, o Ministério informa que caso tenham adquiridos esses produtos devem deixar de consumi-los, podendo solicitar sua substituição nos moldes determinado pelo Código de Defesa do Consumidor.

Podem ainda comunicar o MAPA pelo canal oficial Fala.BR, informando o estabelecimento e endereço onde foi adquirido o produto.

Anvisa
Fachada da Anvisa (Foto: Reprodução / Governo Federal)

Acontece que isso é um risco fatal, pois não existe fiscalização, podendo conter substâncias perigosas, inclusive ‘composição desconhecida’ e ‘em condições higiênico sanitárias inadequadas em estabelecimento clandestino, ocasionando risco à saúde pública’.

A Operação Getsêmani foi realizada nos dias 6, 7 e 8 de março no município de Saquarema (RJ), São Paulo (SP), Recife (PE) e Natal (RN), com a participação da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PC RJ) e da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM SP).

Na ação foi realizado o fechamento cautelar da indústria, apreensão de 104.363 litros de azeite de oliva fraudados e de diversos tipos de rótulos e embalagens.

VEJA ABAIXO OS 10 AZEITES BARRADOS PELA ANVISA:

Tabela - Produtos com determinação de recolhimento e proibição de comercialização de azeites feita pela Anvisa (Foto: Reprodução / Gov)
Tabela – Produtos com determinação de recolhimento e proibição de comercialização de azeites feita pela Anvisa (Foto: Reprodução / Gov)

QUAIS SÃO OS RISCOS DE CONSUMIR AZEITES FALSIFICADOS?

As marcas, supostamente importadas, produziam azeites e rótulos falsos para vender no mercado nacional.

O consumo de azeite de oliva adulterado pode representar riscos para qualquer pessoa, independentemente da idade ou de condições específicas de saúde.

Como os produtos não eram fiscalizados, poderiam haver substâncias químicas perigosas, que podem levar até a morte.

De acordo com o portal 100 fronteiras, alguns dos ricos são doenças cardiovasculares, câncer, doenças neurodegenerativas e inflamatórias.

🚨 Desfecho de Huck na Globo após 24 anos + Estrela do SBT sofre h3morragia + Homem diz ser filho de Chrystian   

Autor(a):

Sou formado em Teatro, Produção Audiovisual e Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Já atuei em emissoras de TV como Assistente de Produção e Redator em portais de entretenimento. Escrevo sobre televisão e seus bastidores, com responsabilidade, clareza, leveza e muito amor desde 2008. Mas a minha realização profissional está no Departamento de Novelas e Realities, no qual faço parte no TV Foco desde 2022. Além de Redator, atuo como Co-Apresentador das Lives do site no YouTube, às terças e sextas-feiras. Minhas redes sociais são: diego.laureano@otvfoco.com.br

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.