TV Paga

Após polêmica, Multishow exibe remake de episódio de Chapolin com piada considerada homofóbica

Regravação de episódio do Chapolin exibido pelo Multishow. (Foto: Reprodução/YouTube)
Regravação de episódio do Chapolin exibido pelo Multishow. (Foto: Reprodução/YouTube)

Em maio, o Multishow causou polêmica ao “censurar” uma piada que considerou homofóbica em um episódio de Chapolin. O fato revoltou muitos fãs da série mexicana, que desejavam acompanhar a versão original da produção e sem cortes motivados pelo “politicamente correto”.

No episódio, intitulado “O Descobrimento da Tribo Perdida”, gravado em 1973, a personagem vivida por Maria Antonieta de las Nieves se irrita com uma atitude do Chapolin (Roberto Bolaños) e sentencia: “Era melhor ter chamado o Batman no lugar do Chapolin Colorado”. O herói se revolta e diz: “Em primeiro lugar, Batman não está porque saiu em lua de mel com Robin”. Na nova versão, o Multishow mudou a pida para “Batman não pôde vir porque furou o pneu do Batmóvel”.

+ Danton Mello relembra acidente de helicóptero que sofreu com equipe da Globo há 20 anos

Tatiana Costa, diretora de programação e conteúdo digital, admitiu na época que o canal “errou” ao cortar a piada original, mas insistiu em classificar o trecho como “homofóbico”. “Erramos nesse caso, mas ainda erraremos muito. E que bom, porque é vivo, é uma troca, não é uma decisão única, unilateral, enfiada goela abaixo. Estamos aqui para ouvir, discutir juntos e ajustar. Somos fãs também e sabemos que ainda teremos muitas batalhas pela frente”, disse. “Existe, por trás, obviamente, um cunho homofóbico, uma coisa mais machista. Entendemos que era uma piada preconceituosa. Lá atrás, nos anos 70 e 80, era considerada normal, mas felizmente hoje não é mais aceitável. Você não diria isso para o seu filho, estamos em um outro momento da vida. Tentamos suavizar isso”, completou.

Porém, no último sábado (15), o Multishow exibiu um episódio de Chapolin intitulado “A Cidade Perdida”, que se trata de um remake de 1976 de “O Descobrimento da Tribo Perdida”, e que conta com a mesma piada da versão original. Segundo informações do UOL, dessa vez, no entanto, o canal manteve o trecho original e exibiu a piada considerada homofóbica.

O Multishow já recebeu o episódio com a dublagem clássica, realizada pelos estúdios Maga para o SBT em 1990, e decidiu mantê-la após toda polêmica e revolta dos fãs.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!