INSS: confira tudo sobre aposentadoria e benefícios

INSS: confira tudo sobre aposentadoria e benefícios

Aposentadoria na velocidade da luz: 10 dicas infalíveis para fugir da fila e ter o benefício do INSS antes

Aposentadoria INSS (Reprodução/Internet)
Aposentadoria INSS (Reprodução/Internet)

Veja agora as dicas essências para pedir rápido a sua aposentadoria

O sonho de todo brasileiro nos dias de hoje é poder finalmente ter e conseguir aquela tão sonhada e desejada aposentadoria do INSS.

Com isso, pensamos em reunir algumas dicas que podem te ajudar não só para quem um dia vai tirar a aposentadoria, quantos para aqueles que já podem ter esse benefício e queira ele o mais rápido possível das filas longas e demoradas do INSS!

INSS acaba de emitir comunicado DECISIVO com verdade sobre pagamento de R$2119 extra a aposentados

Aposentadoria do INSS

Atualmente, no sistema do INSS conta com mais de 1,6 milhão de pedidos de benefícios que ainda vão ser analisados, sendo grande parte desse número de pedido de aposentadoria.

Sabendo disso, é esperado que a demora para a aprovação desses benefícios seja a mais longa possível, isso se considerarmos o acordo que o INSS tem como o Supremo Tribunal Federal, onde a autarquia tem o direito de autorizar e a liberação de benefícios em até 90 dias. Prazo esse que é quase o triplo do que normalmente deveria ser, que é de até 90.

Veja também

INSS tem benefício concedido às pressas e milhares de segurados estão surpresos com notícia

INSS (Reprodução/Internet)
INSS (Reprodução/Internet)

Desde que esse acordo foi feito, os prazos que deveriam ser compridos estão cada vem maiores, deixando milhares de brasileiros que precisam do benefício ainda na lista de espera.

O Advogado Átila Abella, cofundador da Previdenciarista comentou que, quanto mais o contribuinte cometer erros e deixar a base de informações escassas, pode acabar contribuindo com a demora.

” Cada erro pode gerar uma exigência do INSS. A cada exigência que o segurado tiver que cumprir, os prazos do INSS se renovam para a conclusão do processo”, comentou o advogado.

Alívio pro bolso: INSS aniquila o imposto mais temido dos aposentados e inicia guerra com os bancos

Segundo o Bruno Di Gioia, sócio de Previdenciário e Relações Laborais do PDK Advogados, esses erros se tornaram comuns e vem aumentando desde 2019, quando a previdência entrou em vigor.

“Principalmente porque a reforma da Previdência trouxe requisitos e formas de enquadramento bem diferentes do que o brasileiro estava acostumado”, comentou Bruno.

Sabendo dessas informações importantes, vamos agora as dicas para evitar os erros e acelerar o processo do seu pedido:

1- Falta de planejamento previdenciário:

O planejamento previdenciário muito intensa e profunda que pode encontrar as aposentadorias que os segurados podem ter. Análise essa que encontra o perfil e conta do trabalhador, sendo assim tendo uma melhor chance de evitar os prejuízos e aumentar a chances da pessoa conseguir o melhor benefício.

2- Desconhecimento das regras de aposentadoria:

É de extrema importância que todas saibam e entendam um pouco sobre a reforma da previdência que entrou em vigor no Brasil em 2019, com algumas normas que se atualizam anualmente. Com isso, é importante saber qual regra esta valendo para cada pessoa que deseja o benefício, seja ela por Idade Mínima, Idade Mínima Progressiva, Regra de Pontos, Regra de Pedágio de 50% e 100%.

3- Desatenção às mudanças para mulheres:

Desde de 2019, a aposentadoria para mulheres por idade aumentou de 60 para 62. No entanto, muitas pessoas não conhecem as mudanças que podem ocorrer com o tempo, podendo ter a chance de pedir a solicitação do benefícios mesmo já cumprindo os requisitos para isso.

Aposentados com o coração na mão: Jornal da Globo dá notícia crucial de revisão do INSS e até aumento em 2024

4- Pedido antecipado do benefício:

Mesmo que esteja cumprindo os critérios para a aposentadoria, a maneira correta é planejar melhor e escolher o momento ideal para realizar o requerimento, já que a inclusão de alguns meses de contribuição podem fazer e muita diferente na hora de fazer o cálculo da renda mensal.

5- Escolha errada da modalidade de aposentadoria:

Acredite, é muito comum as pessoas cometerem esse erro, já que são muito as opções e algumas podem ficar um pouco confusa na hora de escolher. É importante saber que existem 3 (três) modalidades de aposentadoria disponíveis pelo INSS, elas são: por idade, tempo de contribuição e aposentadoria especial. Com o tempo, você poderá escolher qual delas se encaixa melhor no seu pedido, sabendo já que elas são vitalícias.

6- Documentação incompleta:

Essa é uma das principais e que devem ser respeitas e feitas da maneira correta, já que com a documentação é possível comprovar as suas contribuições trabalhistas. Com isso, é importante colocar documentos como Carteira de Trabalho, Extrato do FGTS, Holerites, recibos de pagamentos, comprovante de conta salário e rescisões de contratos trabalhistas para provar seu vinculo trabalhista e também as suas contribuições.

VITÓRIA: INSS é obrigado a mudar regra e milhões de brasileiros vão se aposentar mais cedo a partir de 2024

7- Erros na guia GPS para contribuintes individuais ou facultativos:

Os contribuintes individuais e facultativos tem a opção de recolher o INSS pela guia GPS, contudo, informar o código errado da guia ou não prestar atenção nos requisitos de cada plano pode acabar atrapalhando e impedindo a solicitação da aposentadoria.

INSS (Reprodução/Internet)
INSS (Reprodução/Internet)

8- Não incluir atividade especial no processo:

Caso o trabalhador/segurado tenha tido contato com agentes e produtos nocivos que podem prejudicar sua saúde no trabalho, também fazendo funções que podem por a risca da sua vida, é importante que isso seja anotado e estejam no Formulário de Perfil Profissiográfico Previdenciário. Com isso, o tempo de contribuição poderá ser maior e ajudar e muito o segurado.

9- Dados desatualizados:

Outro erro bastante comum é o de não atualizar os dados mais importantes para o pedido e entrada do benefício. É comum que em todo lugar peça as informações da sua vida corretas e em dia, como RG, CPF, endereço ou o Número de Identificação Social. Importante também ressaltar que o Cadastro Nacional de Informações Sociais é um dos documentos mais importantes, já que o mesmo guarda todos os seus vínculos trabalhista que você teve durante a vida, além de contribuições previdenciárias do trabalhador.

INSS toma coragem, muda regra importante e beneficiários são surpreendidos com decisão da semana

10- Recorrer à justiça ou ouvidoria antes da hora:

Sabemos o quão chato e frustrante deve ser fazer a solicitação de algo e não acontecer na hora que esperamos. Contudo, é importante se atentar aos prazo que o próprio INSS da aos seus beneficiários, que, como dito acima do texto, é de 90 dias o prazo máximo. Caso o prazo seja ultrapassado, é possível sim abrir uma reclamação Ouvidoria, ou até mesmo entrar com um processo.

Sabendo agora dessas informações importantes para conseguir dar entrada na sonhada aposentadoria, se atente nas informações e dados na hora de fazer a solicitação, querendo ou não, um simples erros pode acarretar em mais demora no processo ou cancelamento do mesmo.

Fonte: SertPREV

🚨 Casa de Vidro no BBB24? + Fãs de Davi pedem a expulsão de Yasmin Brunet + Jojo recebe convite de Bolsonaro 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Quem escreve

Vitor Silva

Sou um amante de jogos e de tecnologia. Meu intuito no site é trazer as notícias com o máximo de informação e esclarecimento possível !.