Celebridades Renata Vasconcellos

Desespero profundo, repórter em choque e medo constante: os bastidores da perseguição a Renata Vasconcellos na Globo

A repórter Marina Araújo e os âncoras Renata Vasconcellos e William Bonner (Foto: Reproduçao/TV Globo/AgNews)
A repórter Marina Araújo e os âncoras Renata Vasconcellos e William Bonner (Foto: Reproduçao/TV Globo/AgNews)

Renata Vasconcellos e William Bonner precisarão de seguranças particulares após invasão na Globo e repórter feita refém em ataque

O programa A Tarde é Sua, da RedeTV!, deu detalhes de tudo o que aconteceu com William Bonner e Renata Vasconcellos antes e depois do Jornal Nacional, da TV Globo, na última quarta-feira (10). Sonia Abrão entregou quais serão as mudanças na emissora após a repórter Marina Araújo ser feita refém por um rapaz – identificado como Thomas Rainer.

O colunista Alessandro Lo-Bianco revelou que Renata Vasconcellos tomou um relaxante horas antes de entrar no ar. Quando isso tudo terminou, as duas jornalistas envolvidas no susto se emocionaram demais e se deram conta do que de fato aconteceu na emissora. A âncora do JN chorou muito e ficou abalada com o acontecimento, justamente no dia de seu aniversário.

O rapaz responsável por fazer a profissional refém havia estudado todo o entorno da emissora, que tem a sede do jornalismo localizada no bairro do Jardim Botânico, e descobriu que havia apenas uma única padaria do outro lado da calçada. Ele descobriu a forma que se entra na empresa, principalmente agora na pandemia.

+ Bomba! Datena anuncia saída definitiva da Band, fim de trabalho na TV e determina: “Um ladrão a menos”

+ Suposto namorado de Gugu, após ter marido exposto e abrir mão de milhões, volta ao passado: “Retrocesso”

O suspeito se deu conta que nos dias comuns, 30 seguranças cuidavam do entorno da Globo, mas com o isolamento social, apenas 5 faziam o trabalho. Como sabia que o esquema de segurança havia sido reduzido, ele estudou a movimentação da padaria, que é o único comércio que tem, e já cercou Marina Araújo do lado de fora.

A segurança é tão reforçada na emissora que convidados só podem subir se algum funcionário buscar na portaria, após um longo cadastro. Ele queria entrar ao vivo na Globonews e não falava o que queria dizer no ar. Como não conseguiu, invadiu o corredor da Globonews, mas foi o local que todos os profissionais entraram para se esconder, então precisou ficar em outro corredor.

FIM DAS NEGOCIAÇÕES

Para tentar driblar o suspeito, tentaram forjar uma exibição em rede nacional, mas ele descobriu pelo Globoplay que não estavam cumprindo com a palavra. O coronel Heitor, responsável pelas negociações, sugeriu que tivessem os dois uma conversa com Renata Vasconcellos, já que ele queria tanto falar com ela. A partir disso, a situação se desenrolou conforme os vídeos vazados mostraram ainda ontem.

REFORÇO DA SEGURANÇA

Após o acontecimento, o diretor geral de Jornalismo da Globo, Ali Kamel orientou que informassem que a motivação do ataque não foi política. Todos os âncoras foram embora do canal com seguranças particulares da emissora. Antes disso, apenas William Bonner tinha um cuidado mais direto, mas Renata não.

Agora, será inevitável que os âncoras do Jornal Nacional e outros funcionários tenham um segurança particular. Diversos profissionais da emissora estão sendo ameaçados e alvos de ataques por causa dos posicionamentos da Globo no jornalismo, como por exemplo Pedro Bial.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Paulo Vito

Paulo Vito é um jornalista que trabalha com celebridades desde 2017 e admira tudo o que envolve o mundo dos famosos e da televisão. Está sempre de olho no que acontece nas redes sociais e faz questão de prestar atenção nas polêmicas e novidades!