X

Bolsonaro vai ao fundo do poço e é reprovado até entre os evangélicos, aponta pesquisa

Compartilhe essa notícia

Jair Bolsonaro (sem partido) tem sido esmagado completamente em todas as regiões do Brasil

A corrida presidencial está a todo vapor e os candidatos vem fazendo o que podem para conseguirem conquistar o gosto do público. Entretanto, não é bem isso que Jair Bolsonaro (sem partido), tem conseguido na tentativa da reeleição.

De acodo com os dados da quarta rodada da pesquisa Genial/Quaest, o atual presidente levou uma verdadeira marretada ao receber a reprovação dos eleitores em quase todas as regiões do Brasil. Vale destacar que, quando os números do político não cresceram, apenas se mantiveram.

Na região Sul, local dominado por ele na última eleição, a reprovação subiu nada menos que 10 pontos. Já no Norte, aumentou 18 pontos e no Centro-oeste, 13. No Nordeste, o índice ficou estável, com 61% de reprovação. Porém, o desamor dos eleitores por Bolsonaro no Sudeste cresceu 4 pontos, passando para 51%.

As notícias ruins para o atual governante não acabam, e segundo as informações expostas pelo Veja, os brasileiros com mais de 60 anos, grupo esse onde o político conseguiu uma grande maioria nas urnas no ano de 2018, a reprovação aumentou em 10 pontos.

EVANGÉLICOS

Além disso, tem a queda na base de apoio mais forte: os evangélicos! Entre os cristãos, Bolsonaro viu o número de pessoas que reprovam o seu governo subir de 35% para 42%, crescimento de 7 pontos na reprovação.

Até a chegada das eleições muita coisa pode mudar, entretanto, caso a rejeição continue persistindo, a reeleição do atual presidente não se concretizará.

Nova pesquisa é destruidora para Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução / TV Globo)

Quem escreve

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Deixe um comentário

Esse site utiliza cookies Leia mais.