Globo

Globo

Demitido da Globo após 30 anos, jornalista explode de ódio e detona emissora: “Feito um cão”

Mandado embora após três décadas, jornalista detona emissora - Foto: Reprodução
Mandado embora após três décadas, jornalista detona emissora – Foto: Reprodução

Com mais de três décadas na Rede Globo, o jornalista disse que sua demissão aconteceu em apenas cinco minutos

Em meio à série de demissões que a Globo vem promovendo nos últimos tempos, o repórter Ari Peixoto, ex-funcionário da emissora que foi mandado embora em outubro de 2021, abriu o jogo a respeito da quebra de contrato e detalhou a situação.

Durante uma entrevista ao programa Cidinha Livre, da Rádio Tupi no Rio de Janeiro, o jornalista deixou claro que já previa sua saída. Porém, o ex-contratado afirmou que achava que o processo não seria daquela forma, pelo fato de ser um veterano no grupo.

“Eu fui correspondente internacional para a América Latina, em Buenos Aires, fui correspondente do Oriente Médio, em Jerusalém, eu fiz história. Eu fiz a Primavera Árabe, no Egito, eu trabalhei feito um cão. Na pandemia, eu trabalhei de casa, fiquei ralando ali, fazendo matéria para os jornais de casa, os jornais de rede”, disse o ex-Globo.

Em seguida, Ari Peixoto citou a mágoa que sente pela falta de consideração. “Então, você glamuriza esse momento de saída. Você acha que o cara vai ter a consideração, o respeito de dizer ali ‘se prepara que você vai sair'”, comentou o jornalista.

DEMISSÃO RELÂMPAGO

Veja também

De acordo com o repórter, a demissão dele aconteceu em apenas cinco minutos. “Eu cheguei para trabalhar um belo dia, o diretor me chamou e em cinco minutos eu estava demitido. Ele chegou, me pediu pra sentar e disse ‘olha, Ari, tenho uma notícia pra te dar. A Globo está te desligando”, pontuou.

Ari Peixoto na Globo - Foto: Reprodução
Ari Peixoto na Globo – Foto: Reprodução

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários