Especiais TV Foco

Esposa Secreta, banco falido e sequestro: Silvio Santos supera dificuldades e chega aos 88 anos

Silvio Santos é dono e apresentador do SBT (Foto: Reprodução)
Silvio Santos (Foto: Reprodução)

Silvio Santos vem ai. No dia 12 de dezembro de 1930, nascia Senor Abravanel. De lá pra cá, ele já foi camelô, paraquedista e radialista. Estudou contabilidade, foi casado duas vezes, já trabalhou na Globo e foi líder de audiência por lá. Comprou um empresa praticamente falida, investiu e construiu um império. Também se viu obrigado a vender seu banco e sequestradores invadirem a sua casa. E foi tema de escola de samba. Ufa.

+Após enfrentar crise de audiência, Globo exibe último episódio do Amor&Sexo

Das várias biografias que Silvio Santos já teve, nenhuma conseguiu atualizar tão rápido quanto as polêmicas que esse ícone da comunicação se envolve. A última com direito a “textão” de famosos contra as falas disparadas do apresentador para a cantora Claudia Leitte durante um evento beneficente promovido pela segunda maior emissora de TV do país, o SBT. Que por sinal, também faz parte do Grupo Silvio Santos.

Silvio Santos teria assediado Cláudia Leitte no palco do Teleton (Foto: Reprodução)
Silvio com Cláudia Leitte no Teleton (Foto: Reprodução)

O Especial TV Foco separou algumas das maiores superações de Silvio Santos ao longo de sua vida e carreira, principalmente vida, já que ele parece mais ativo do que nunca e faz questão de acompanhar de perto cada movimento de seu conglomerado.

+Troféu Domingão é oferecido a Bolsonaro e afronta atores da Globo

Uma das primeiras grandes polêmicas que Silvio Santos se envolveu foi o mistério da sua família. Durante muitos anos Silvio Santos “escondeu” sua primeira esposa: Cidinha. Silvio também não falava nada sobre sua filha mais velha Cíntia Abravanel, mãe do cantor Thiago Abravanel.

Silvio e a primeira mulher, Cidinha. (Foto: João B. da Silva/Reprodução/Renato Parada)

Silvio teria ouvido conselhos de um amigo que quanto mais criasse mistério sobre sua vida íntima, mais aumentaria o interesse do seu público, que desde aquela época já era predominantemente feminino.

+Saiba como será a estreia de Nany People em O Sétimo Guardião, Valentina ‘cairá dura’

Porém, após a morte precoce de Cidinha, aos 33 anos, vítima de câncer, Silvio teria se arrependido não só por “esconder” sua família, como também o envolvimento com outras mulheres, que depois de seu casamento com Íris Abravanel nunca mais aconteceu. Quando Íris Abravanel se converteu para a religião evangélica, surgiram vários boatos de que ele, que é judeu, estava pedindo divórcio. Surgiram também algumas especulações de Silvio Santos com a cantora Sula Miranda, porém tudo não passou de fake news. Se passaram por alguma dificuldade, Íris e Silvio, hoje superaram todos os obstáculos de uma relação normal entre marido e mulher.

Silvio Santos ao lado da esposa e filhas (Foto: Divulgação)

Outra polêmica que envolveu Silvio Santos foi a venda tumultuada de seu Banco Panamericano. O Grupo Silvio Santos controlou no período de 1990 à 2011 o banco PAN, especializado em financiamento de carros, empréstimos consignados e cartões de créditos.

+Após casamento, Claudia Raia toma atitude e faz publicação sobre Jarbas Homem de Mello

Em 29 de janeiro de 2011, o Jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria que o banco tinha um rombo de 4,1 bilhões de reais. Silvio, então, repassou praticamente o Panamericano para S/A grupo BTG Pactual. A empresa não chegou a pagar nada na transação, apenas assumiu a dívida.

Silvio Santos e Lívia Andrade (Foto: Reprodução)

“Vendi o banco, claro. Não podia deixar de vender o banco. Porque o meu banco não deu prejuízo pra ninguém. O meu banco teve um bom comportamento. Talvez tivesse sido mal administrado, e essa má administração provocou aquilo que todos vocês conhecem (…)Não ganhei nada, não perdi nada”, disse o empresário.

+Gusttavo Lima e Andressa Suita batizam seu filho mais novo em cerimonia religiosa

“Agora eu estou livre. A televisão (SBT) que vocês queriam comprar, ou que alguém queria comprar, não está mais à venda. A Jequiti não está mais à venda. As Lojas do Baú não estão mais à venda. A única coisa que foi vendida foi o banco”, completou o apresentador.

No entanto, pouco tempo depois, Silvio Santos acabou vendendo suas lojas físicas do Baú para a rede Magazine Luíza. E só.

Silvio Santos comandou seu próprio programa na Globo (Foto reprodução)

Outra Superação de Silvio foi o sequestro pelo qual sofreu sua filha Patricia Abravanel em agosto de 2001. Patricia foi abordada por seis homens enquanto saia de sua casa para a faculdade. A apresentadora ficou em poder dos bandidos durante uma semana. Depois do pagamento do resgate, ela foi libertada e voltou dirigindo o próprio carro para casa. No entanto, para a surpresa de todos, o mentor do crime, Fernando Dutra Pinto, voltou até a casa de Silvio Santos, invadiu, e dessa fez tomou o apresentador como refém. O desfecho só foi acontecer depois de sete horas e meia de negociação, com Silvio fazendo a intermediação entre o sequestrador e a polícia, com a participação do governador, na época, Geraldo Alckmin. Silvio foi libertado e o sequestrador preso. A TV Globo que cobriu o fato ao vivo, inclusive com imagens aéreas, dobrou a audiência naquele dia. De 11 pontos para 26.

Silvio Santos fardado. (Foto: Reprodução)

Apesar de todos esses acontecimentos, Silvio Santos segue com total vitalidade ouvindo Julio Iglesias, passando férias em sua casa em Orlando, nos EUA, ao lado da esposa. Comendo arroz, feijão, bife e batata-frita e de preferência com uma taça de sorvete como sobremesa. Continua alérgico a perfumes, apesar de produzir fragrâncias em nome das maiores estrelas do Brasil. E principalmente, livre, leve e solto pra falar o que quiser, a hora que quiser. “Quem quer dinheiro?”

Silvio Santos em Orlando (Foto: Reprodução)

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.
;