Galvão Bueno

Galvão Bueno

Galvão Bueno se demite da Globo, fecha com emissora às pressas e é humilhado por escândalo: “Faliu em 8 meses”

Galvão Bueno narrará Copa do Mundo do Qatar (Foto: Divulgação/TV Globo)
Galvão Bueno deixou a platinada em 1992 (Foto: Divulgação/TV Globo)

Galvão Bueno tem um passado para lá de polêmico na profissão, principalmente após a demissão da Globo e a contratação pela Rede OM

Galvão Bueno completou 70 anos de vida recentemente e continua em plena atividade em suas funções no jornalismo da Globo. Muitas pessoas podem não se lembrar, mas o veterano já chegou a deixar a emissora carioca no início dos anos 1990 e assumiu cargos de peso na extinta Rede OM, que simplesmente faliu após o escândalo político que derrubou o presidente Collor do poder.

HISTÓRIA NA GLOBO

O jornalista foi contratado pela Globo em 1981 e na Copa de 82 ainda não era o narrador de jogos oficiais do canal, apesar de já ter comandado algumas das disputas naquele ano. Luciano do Valle ainda era o narrador oficial, mas no ano seguinte o jornalista foi contratado pela Record.

Após um longo período de ciúme e tentativas de garantir o posto de narrador oficial, Galvão Bueno finalmente foi elevado ao cargo. Em 1992, porém, o jornalista foi convocado para fazer parte de um novo projeto na Rede OM, que tinha sede no Paraná, e conferia ao profissional o cargo de narrador, apresentador e editor de esportes.

Veja também

Galvão Bueno na época da contratação pela Globo (Foto: Reprodução)
Galvão Bueno na época da contratação pela Globo (Foto: Reprodução)

A nova emissora da época garantiu boas audiências, já que tinha os direitos de exibição da Copa Libertadores da América. O problema é que logo depois da estreia, a Rede OM foi duramente afetava com o envolvimento do proprietário do canal no escândalo PC Farias, que derrubaria Fernando Collor da presidência.

A emissora, que estreou em junho de 1992, declarou falência no fim daquele mesmo ano. Galvão Bueno, por sua vez, continuou marcando 60% do faturamento da empresa, que não conseguiu resistir à crise política. No início de 1993, o jornalista já voltou a negociar seu retorno à Globo, que aconteceu em março daquele ano.

NO ‘JORNAL NACIONAL’

1994 foi um dos anos mais importantes da carreira de Galvão Bueno, que narrou o fatídico tetracampeonato da Seleção Brasileira na Copa do Mundo (o famoso “é tetra, é tetra”). Em 1996, o profissional foi convocado pela Globo para participar da bancada do “Jornal Nacional” diariamente, mas a presença do jornalista de esportes durou pouquíssimo tempo.

Galvão Bueno no "Jornal Nacional" (Foto: Reprodução/TV Globo)
Galvão Bueno no “Jornal Nacional” (Foto: Reprodução/TV Globo)

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Compartilhe essa notícia

Assuntos

Galvão Bueno

Quem escreve

Paulo Vito

Paulo Vito é um jornalista que trabalha com celebridades desde 2017 e admira tudo o que envolve o mundo dos famosos e da televisão. Está sempre de olho no que acontece nas redes sociais e faz questão de prestar atenção nas polêmicas e novidades!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários