Celebridades

Gilberto Barros é pisoteado após incentivar agressão aos gays, desaparece e suplica: “Me apoiem, me ajudem”

Gilberto Barros foi denunciado por homofobia (Reprodução)
Gilberto Barros foi denunciado por homofobia (Reprodução)

Denunciado por homofobia após ameaçar agredir gays que beijam em público, Gilberto Barros implorou ajuda aos amigos

Após um longo período de tempo afastado dos holofotes, o apresentador de TV Gilberto Barros voltou a ser notícia na imprensa por ter feito comentário homofóbico durante um programa virtual e, por isso, foi denunciado por homofobia junto ao Ministério Público de São Paulo, acusado de ter incentivado a violência física contra pessoas LGBT+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).

Há muito tempo afastado das telinhas e sem um programa fixo na televisão, Gilberto Barros tem se dedicado a comandar um programa virtual em seu canal no YouTube. Durante uma entrevista ao lado da apresentadora Sonia Abrão, do programa A Tarde É Sua, da RedeTV!, o comunicador, que ficou conhecido em todo o país como “Leão”, disse que se sentia incomodado ao ver dois homens se beijando e ameaçou agredir fisicamente um casal gay, por exemplo, caso os visse beijando um ao outro na sua frente.

+Ana Maria Braga, após polêmica com Fátima Bernardes, sai da Globo e vai para a concorrente: ‘Diva’

+Bomba! Andréa Nóbrega expõe a real sobre amante de Carlos Alberto, envolve Silvio Santos e detona: “Para de falar”

“Eu tinha que acordar às 2h30, 2h, e ainda presenciar onde eu guardava o carro na garagem, beijo de língua de dois ‘bigodes’, porque tinha uma boate gay ali na frente. Não tenho nada contra, mas sou gente. Naquela época ainda [estava] chegando do interior… hoje em dia, se quiser fazer na minha frente, faz. Apanha os dois, mas faz”, disse o comunicador, em sua fala preconceituosa.

GILBERTO BARROS É DENUNCIADO, SE DESESPERA E PEDE AJUDA

Assíduo nas redes sociais, o apresentador desapareceu das plataformas virtuais desde que foi acusado de homofobia e foi denunciado pelo jornalista e ativista LGBT William De Lucca, que é pré-candidato pelo PT ao cargo de vereador nas eleições deste ano em São Paulo.

Por meio de seu perfil no Twitter, De Lucca anunciou que denunciou Gilberto Barros no Ministério Público do Estado pelo crime de homofobia. Vale ressaltar que, desde o ano passado, o Supremo Tribunal Federal reconheceu o preconceito e discriminação contra LGBT+ como crime equiparado ao racismo.

Para De Lucca, segundo o site Na Telinha, a fala do apresentador é “inadmissível”, pois o comunicador “incentiva a violência contra LGBT”. Segundo o ativista e pré-candidato a vereador, o famoso irá responder na vara “penal e administrativamente e vai aprender pela lei a respeitar nossa população”.

“É inaceitável que em pleno século 21 a gente ainda seja ameaçado por fazer algo que qualquer pessoa hetenormativa faz tranquilamente, sem qualquer incômodo. Precisamos coibir esse tipo de postura, mas, mais que isso, promover ações políticas e de reparação às violências contra a população LGBT”, ressalta o ativista, destacando que, por causa da homofobia, casais LGBT+ podem ser agredidos pelo simples ato de beijar em público, algo que todo casal heterossexual faz sem correr nenhum tipo de risco.

+Laços de Família: resumo do capítulo de hoje (18/9)

APRESENTADOR SUPLICA

Denunciado por homofobia, Gilberto Barros suplicou por ajuda e apoio aos amigos e disse que faz o programa on-line para “combater o que estaria acontecendo com as pessoas de bem desse país, sendo policiadas, perseguidas”.  “Eu só espero e sempre esperei que, como eu defendo os amigos, meus amigos também, sabendo quem eu sou, estejam do meu lado, porque o bicho vai pegar”, declarou, sem se justificar pela fala homofóbica.

Apresentadora em vídeo junto de Gilberto Barros (Foto: Reprodução)
Sonia Abrão em vídeo junto de Gilberto Barros (Foto: Reprodução)

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco