Globo

Globo é acusada de promover crime gravíssimo em novela e vira alvo procurador

Nana em cena da novela das 19h da Globo, Bom Sucesso (Foto: Reprodução)
Nana em cena da novela das 19h da Globo, Bom Sucesso (Foto: Reprodução)

A Globo voltou a apostar em temas polêmicos em suas telenovelas, e a última da emissora foi uma discussão sobre aborto em Bom Sucesso

Não é de hoje que a Globo vem debatendo temas sociais em suas telenovelas e até em programas de auditório, mas um debate em específico vem movimentando as redes sociais nos últimos dias. É que a emissora carioca está sendo acusada de fazer apologia ao aborto por causa de uma cena da novela Bom Sucesso, exibida no horário das 19h.

É que Nana, personagem de Fabiula Nascimento, descobriu que está grávida e não sabe quem é o pai. Após revelar que é uma possibilidade abortar o filho que espera, ela foi repreendida por Paloma, a mocinha de Grazi Massafera. A personagem sugeriu que a filha do patrão entregasse a criança para a adoção, mas não cometesse o crime.

Nana não deixou barato e retrucou: “Ainda não é um bebê. É só um embrião. Não tem sistema nervoso, não tem coração, não é nem um humano ainda […] Eu não sou a favor do aborto, ninguém é. Mas sou a favor do direito de decidir sobre o meu corpo, sobre a minha vida”, disparou a personagem para a protagonista.

Nana (Fabiula Nascimento) e Mario (Lúcio Mauro Filho) em Bom Sucesso (Foto: Reprodução/Globo)
Nana (Fabiula Nascimento) e Mario (Lúcio Mauro Filho) em Bom Sucesso (Foto: Reprodução/Globo)

Ainda na cena, o ex-marido de Nana sugeriu que ela mudasse de país para abortar. “Aqui é ilegal, mas todo mundo conhece alguém que já fez”, afirmou. “Quem tem dinheiro consegue fazer um aborto seguro. Quem não tem condições, pode até morrer ou ser presa. Sou privilegiada, eu sei, mas eu não queria estar passando por isso”, respondeu Nana.

A cena foi comemorada pelos que querem que o aborto seja legalizado no Brasil, mas repudiada por quem quer que continue sendo um crime. Um famoso procurador da República, inclusive, destacou que a Globo estaria fazendo apologia a um crime que está previsto no Código Penal brasileiro.

“A Globo está usando a novela “Bom Sucesso”, das 19:30 horas, para fazer apologia do aborto, crime previsto nos arts. 124, 125, 126 e 127 do Código Penal”, destacou ele, que ainda pontuou que “a Globo usa a novela Bom Sucesso para fazer merchandising do aborto, crime previsto nos arts. 124, 125, 126 e 127 do CP”.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.