Colunas Exclusivo

Globo muda estratégia ao ser ameaçada pela Netflix

Duelo de Titãs? (Foto: Montagem/TV Foco)

Atualmente os serviços de tecnologia streaming se popularizam entre os telespectadores. Streaming é basicamente um serviço disponibilizado online para a transmissão de dados de vídeo, de áudio ou de ambos. Depois que a velocidade das conexões na internet melhorou em nosso país, empresas como a Netflix se tornaram adoradas pelo público brasileiro.

A Netflix é uma provedora global de filmes e séries de televisão, criada em 1997. Hoje a empresa “bate” de frente diretamente com muitas emissoras de televisão de todo o mundo. Vários telespectadores estão deixando o hábito de assistir a telinha para se conectar a internet, isso faz com que a Globo, emissora brasileira que produz maior conteúdo de entretenimento aqui, se sinta indiretamente (ou seria, diretamente) ameaçada.

+Netflix ultrapassa TV Paga e gera apreensão nos Estados Unidos

Juliana Paes divulgando “Globo Play” (Foto: Reprodução)

A Netflix sabe fazer como ninguém a divulgação para o seu público na internet. São comerciais e campanhas de divulgações com sacadas inteligentes. Paralelo a isso, um fato curioso que mostra como a Globo se sente ameaçada é a mudança na forma de divulgar sua programação e o investimento pesado no GloboPlay. Trata-se da plataforma que a emissora disponibiliza vídeos com o conteúdo de sua programação. Para quem é assinante é possível assistir na íntegra novelas e algumas séries que estão disponíveis antes mesmo de estrear na telinha.

Para efeito comparativo, outra importante emissora vem fazendo algo muito similar. A Televisa, maior emissora mexicana, criou um serviço online chamado Blim, idêntico ao GloboPlay. No final das contas, quem ganha com isso tudo são os telespectadores, não é mesmo?

 

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA