Celebridades

Mariana Ximenes surpreende com bastidores de série da Globo e relação com Débora Falabella

Adalgisa (Mariana Ximenes) na minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora (Foto: Mauricio Fidalgo/Globo)
Mariana Ximenes (Adalgisa) na minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora
(Foto: Mauricio Fidalgo/Globo)

Mariana Ximenes, que volta à TV na minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora, nesta segunda-feira (15), fez revelações sobre os bastidores das gravações da produção, em Catas Altas, Minas Gerais, onde passou seis meses entre outubro de 2017 e março de 2018.

“Você acordar, tomar um banho de cachoeira e ir trabalhar é muito incrível, né? Lá tem várias, lindíssimas! No Santuário do Caraça, tem uma igreja em que todo fim de tarde eles alimentam o lobo-guará. Só não apareceu comigo lá [risos]… Fui três vezes e não consegui ver. E aquela sensação de dirigir um carro de época por entre as montanhas, ao pôr do sol, com o lenço no pescoço ao vento, bem cinematográfico? Ah, foi muito especial!”, disse a atriz ao jornal Extra.

+ Com forte esquema de segurança, Débora Nascimento e José Loreto são flagrados juntos em festa da filha e detalhe rouba a cena

Apesar de não poder trazer as riquezas da cidadezinha, Mariana Ximenes conseguiu trazer consigo uma conquista: a amizade com Débora Falabella, sua colega de elenco, com quem compartilhou vários momentos no tempo livre.

“Ganhei uma grande amiga, Débora Falabella. Nunca tínhamos trabalhado juntas, mas sempre nos namoramos de longe. E finalmente aconteceu. Como a gente gravou em locação, essa amizade se fortaleceu mais ainda”, declarou.

+ Após grave acusação, Claudia Leitte fala pela primeira vez sobre prisão, tenta limpar a própria barra e expõe verdade

“A gente foi para aquela cidade pequenininha, tinha pouquíssimos lugares para comer. E muito tempo livre! Então, ficávamos juntas quando chovia, e chove muito lá. Éramos eu, meu namorado [o músico Felipe Fernandes], Débora Falabella, Murilo [Benício, marido da atriz] e Gabriel [Braga Nunes]. A gente ficava em volta da mesa conversando e comendo queijo, goiabada, provando cachacinhas mineiras de alambique… E muita jabuticaba! Lá tudo é com jabuticaba, até a carne. Foi uma delícia!”, contou a atriz.

Na época das gravações, Mariana Ximenes fez uma declaração de amizade para Débora Falabella em seu perfil no Instagram. “Deby, espero que você tenha a energia dessa cachoeira por esse seu ano que começa! Sempre te admirei de longe e agora tenho o privilégio de ter você perto. Guardei no meu coração os nossos dias em Minas Gerais”, escreveu.

+ Bailarina do Faustão é pega de surpresa ao vivo e fica constrangida após comentário revelador; confira

NOVA PERSONAGEM DA ATRIZ
Mariana Ximenes interpretará a misteriosa Adalgisa em Se Eu Fechar os Olhos Agora. E a definição da atriz dá o tom de sua personagem na minissérie. “Ela tem um humor ácido e preciso, tem uma sagacidade absurda, mas ao mesmo tempo uma profundidade e uma amargura bem profundas, mas que ela não revela. Tem tiradas absolutamente inteligentes. A Adalgisa é uma mulher à frente do seu tempo, moderna, contemporânea, usa calça, é sensual. É irreverente e se expressa desta forma na hora de se vestir, no cabelo, na maquiagem, nas unhas e na própria atitude”, instiga Mariana Ximenes sobre o papel na minissérie escrita por Ricardo Linhares com direção artística de Carlos Manga Jr.

Adalgisa é casada com um empresário de sucesso, dono da fábrica de tecidos União & Progresso, Geraldo Bastos (Gabriel Braga Nunes). Ele tem a esposa como seu maior troféu. Conquistar a deslumbrante Miss Distrito Federal foi uma vitória pela qual ele nunca deixou de se vangloriar. “Geraldo é o novo poder na época, um industrial. É um empregador, possivelmente a figura mais poderosa da região no momento em que o assassinato de Anita (Thainá Duarte) acontece. Obviamente já recaem sobre ele muitas suspeitas de participação nesse esquema porque é um homem com muitas influências sobre os políticos da região, sobre toda a sociedade”, conta Gabriel Braga Nunes.

Tanto Geraldo quanto Adalgisa são considerados modernos para os padrões da sociedade de São Miguel. Um casal vibrante, que provoca inveja por onde passa. Dentro de casa, no entanto, eles mantêm uma relação de respeito e carinho, mas sem qualquer rompante de paixão. Cada um, a seu modo, vive dentro da própria bolha de solidão. Para Adalgisa, seu melhor amigo é o dry martini que bebe quando está sozinha em casa, imersa em seus pensamentos, frustrações e desejos reprimidos. Nem mesmo os apelos do filho Edson (Gabriel Falcão) conseguem demovê-la da crença de que, num mundo ideal, seria possível trocar o coração por um fígado, “assim podia beber mais e amar menos”.

“Ela tem um casamento estável, mas não gosta de ser tratada como um troféu. Fica indignada, mas aceita porque quer manter essa posição social”, adianta a atriz. “Os dois são atormentados por fantasmas pessoais e, no entanto, esse casamento acontece de uma maneira muito harmoniosa”, complementa Gabriel.

Mas o que falta na vida de uma mulher que aparentemente tem tudo para que ela seja feliz? Geraldo, ainda que perceba a insatisfação da mulher, tem seus próprios problemas e insatisfações, e prefere tentar contornar a situação chegando em casa com uma joia ou aceitando fazer uma viagem que melhore, ainda que temporariamente, o ânimo de Adalgisa.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;