Michel Teló

Michel Teló

Michel Teló expõe diagnóstico de grave doença e implora ajuda para tratamento caro: “R$ 9 milhões”

Cantor: Michel Teló fez apelo aos fãs para fazer doação para ajudar em tratamento de criança (Foto: Reprodução)
Michel Teló fez apelo aos fãs para fazer doação para ajudar em tratamento de criança (Foto: Reprodução)

Michel Teló fez apelo por ajuda para tratamento caro

O cantor sertanejo Michel Teló diariamente compartilha grande parte da sua rotina com os seus seguidores e foi pela rede social que ele decidiu pedir ajuda.

Por meio dos seus stories, o artista contou que um menino chamado Thomas precisa muito de ajuda, o pequeno de apenas dois anos foi diagnosticado recentemente com AME (Atrofia Muscular Espinhal), doença genética rara, progressiva e muitas vezes letal, que afeta a capacidade do indivíduo de caminhar, comer e, em última instância, respirar.

“Queria falar um assunto sério com vocês sobre o meu amiguinho Thomas, Thomas tem quase 2 anos e foi diagnosticado com AME. É uma doença que tem um tratamento absurdo de caro, ouvi falar em alguma coisa de 9 milhões de reais”, disse Michel Teló. O famoso revelou nas imagens que os pais da criança estão com uma vaquinha aberta e pediu ajuda dos fãs.

“E os pais do Thomas estão fazendo uma vaquinha pra gente poder ajudar e se cada um de vocês puder ajudar com um pouquinho, vou deixar o link. Ele precisa urgente do tratamento e conto com a ajuda de vocês”, disse o sertanejo.

CANTOR FOI BASTANTE ELOGIADO POR ATITUDE

Por meio das redes sociais, Michel Teló foi bastante elogiado e vários internautas alegaram que contribuíram com valores para custear o tratamento.

Veja também

Michel Teló foi bastante elogiado por sua atitude por meio das redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)
Michel Teló foi bastante elogiado por sua atitude por meio das redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

VÍDEO YOUTUBE: Bomba! Globo coloca Sabrina Sato na TV aberta com o NOVO Vídeo Show

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários