Celebridades Neymar

Najila Trindade surge extremamente nervosa e com comportamento estranho em bastidores de entrevista feita por Roberto Cabrini; veja o vídeo

Najila Trindade por trás das cameras, mente para Cabrini no SBT e tem comportamento bizarro: "trauma" Foto: Reprodução
Najila Trindade por trás das câmeras, mente para Cabrini no SBT e tem comportamento bizarro: “trauma” Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (6), o programa Fofocalizando, do SBT exibiu, na íntegra, a reprise da entrevista exclusiva concedida ao repórter Roberto Cabrini pela modelo Najila Trindade. Najila acusa o jogador Neymar de agressão e estupro, e pela primeira vez, ela vem a público dar sua versão sobre o que aconteceu entre ela e o jogador em Paris. O programa surpreendeu ao mostrar os bastidores da entrevista mostrando um outro lado de Najila.

+Neymar é vítima de ‘trabalho’ para destruir a sua vida e decide abandonar time de futebol para provar inocência, diz sensitiva

+ Agnaldo Timóteo tem piora no hospital após AVC e está em estado gravíssimo

+ William Bonner tem terrível morte na família, se isola, enfrenta profunda tristeza e causa preocupação: “Ele precisa voltar”

O Brasil parou para assistir, na noite desta quarta-feira (5), à entrevista dada ao jornalista Roberto Cabrini, do SBT, pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza, autora da acusação de estupro contra o jogador de futebol Neymar Jr. O material foi ao ar como uma reportagem do SBT Brasil.

“Ele me virou, cometeu o ato e eu pedi pra ele parar. Enquanto ele cometia o ato, ele continuava batendo na minha bunda violentamente. Eu virei depois, tudo muito rápido, em questão de segundos, depois me virei”, garantiu Najila a Cabrini, detalhando como a violência sexual teria acontecido.

“[Eu e Neymar nos conhecemos] através de uma rede social, no Instagram. Eu mandei uma imagem pra ele, não era um nude meu. Era um texto. E ele respondeu. Nós começamos a trocar mensagens. Depois de um tempo, ele pediu meu WhatsApp e eu passei. Meu intuito era ter uma relação sexual com ele”, admitiu Najila Trindade. “Eu tinha um desejo de ficar com Neymar. Quando cheguei lá, tava tudo bem, tudo legal, eu ia conseguir. Mas quando cheguei lá, ele estava agressivo, totalmente diferente daquele cara que conheci nas mensagens”, garantiu a moça, dando mais detalhes dos momentos com Neymar no hotel de Paris.

Na reprise de hoje, Najila aparece contraditória, chorando, e tendo atitudes bizarras. As imagens mostram a moça interrompendo a todo momento Roberto Cabrini para falar com o advogado, beber água, falar de assuntos aleatórios e pensar nas respostas. Bastante irritada se irritou com a pergunta sobre ela ter esfaqueado o ex-marido, disse que não aconteceu a principio, depois pensou melhor e afirmou que sim, que teria sim esfaqueado o rapaz e que não iria mentir pra ele, mas não queria falar sobre isso mais.

Najila Trindade mente sobre estupro de Neymar Foto: Reprodução
Najila Trindade mente sobre estupro de Neymar Foto: Reprodução

Ao perguntar porque ela não queria falar sobre o suposto momento do estupro Najila afirmou: “Eu não quero falar dessa parte. Você sabe o que é um trauma? Isso é um trauma pra mim.”

Ela pede pra finalizar a entrevista pois alega estar com fome, o jornalista insiste em uma última pergunta e Najila começa a ser grossa, irritada, e afirma que sente um julgamento, que todo mundo está julgando ela. Quando vai responder Cabrini sobre é ser mãe nesse momento, ela é grossa mais uma vez com o repórter e afirma: “Não consigo nem cuidar de mim.”

+ Após “deixar” a Globo, Glenda Kozlowski já tem data para estrear no comando de programa em outro canal

A todo momento Najila menciona a palavra justiça. Ao finalizar a entrevista, ela começa a chorar muito de cabeça abaixada e tampando o rosto, com a maquiagem borrada, ela se retira aos prantos acompanhado dos advogados.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Nayara Bolognesi