Novelas

NovelasO Tempo Não Para

O Tempo Não Para: Betina arma e causa briga entre Cairu e Marocas

Betina em O Tempo Não Para
Betina em O Tempo Não Para (Foto: Reprodução)
O Tempo Não Para
Betina em O Tempo Não Para (Foto: Reprodução)

Em O Tempo Não Para, novela da faixa das 19h da Rede Globo, Betina (Cleo Pires) armará mais uma vez para prejudicar Marocas (Juliana Paiva).

Nos próximos capítulos da trama escrita por Mario Teixeira, Betina envenenará Cairu (Cris Vianna) e fará com que ela se volte contra Marocas.

Após descobrir que Zelda (Adriane Galisteu) roubou seus looks, Marocas irá pegar as peças de volta. Com isso, Betina aproveitará para dizer para Cairu, que seria modelo da coleção, que a ex-congelada está com inveja dela, por isso levou as peças.

+O Tempo Não Para: Emilio rouba a empresa e é descoberto por Samuca

A ex-escrava irá até o cortiço onde Marocas está vivendo e a enfrentará. “Então era verdade… A sinhá roubou mesmo os meus vestido… A única chance que eu tinha de mudar de vida… Eu não quero voltar a ser mendiga! Eu não quero conversa, quero os vestido!… A sinhazinha vai devolver as peça ou não vai? Ou vai por bem ou vai por mal”, falará Cairu, ameaçadora.

Veja também

+Participante faz grave denúncia e revela máfia em A Fazenda 10

Marocas não cederá e enfrentará Cairu. “Esses vestidos são meus. Eu não roubei nada… Ao contrário, eu fui roubada… A senhorita Zelda furtou a minha criação… Os desenhos estavam com as minhas irmãzinhas… Foi ela quem se aproveitou da inocência de Nico e Kiki para me roubar… Você não entende o limite entre o que é certo e o que é errado?”, perguntará a mocinha.

Cairu (Cris Vianna) em O Tempo Não Para (Foto: Divulgação/ João Miguel Júnior/ Globo)

“A sinhá pensa que eu ainda sou escrava, mas tá muito enganada… Eu sou é livre… Livre!… Eu não sirvo mais à sua família, nem a ninguém nesse mundo!…”, dirá ela. Emocionada, Marocas responderá: “Você está certa… Os tempos de escravidão acabaram… Você é livre tanto quanto eu, e eu estou muito feliz por isso…”.

+Senhora é atacada na Globo News por votar em Bolsonaro e implora perdão: “Desculpa”

Cairu então rebaterá: “Será mesmo que a sinhá tá feliz?… Ou preferia que eu ainda fosse um escravo sem vontade própria, sem fala, sem nada… A sinhá nunca que vai entender o que eu passei… Eu comi o pão que o diabo amassou sendo escrava… Acordei nesse século sem eira nem beira… Fui dormir no chão de pedra, na rua… Passei fome e frio, fui humilhada… Nunca mais vou ser escravizada!… Por isso, que a sinhá me dê logo os vestido e me devolva a chance de ser alguém nesse mundo novo, ou então… Eu não quero machucar a sinhazinha…”, dirá ela.

Marocas ficará assustada. “Machucar a mim?… Pois pode tentar”. As duas brigarão pelo vestido, puxando cada uma para um lado, até que ele acabará se rasgando ao meio. Elas discutirão e Cairu lembrará que Marocas a salvou no passado. “Cairu… Se esse trabalho é mesmo tão importante para você, tome os vestidos… Leve as roupas, pode levar…”, dirá Marocas. “Não… A sinhazinha… (corrige-se) Você foi roubada… Uma certa pessoa me disse que tem o certo e tem o errado, e isso é errado por demais…”, dirá a ex-escrava.

 

 

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários