Pantanal

Pantanal

Pantanal: Quem é o Velho do Rio na novela? Pistas são dadas a cada capítulo do personagem místico

Velho do Rio (Osmar Prado) em Pantanal; o personagem é uma entidade mística na novela das nove (Foto: Reprodução / Globo)
Velho do Rio (Osmar Prado) em Pantanal; o personagem é uma entidade mística na novela das nove (Foto: Reprodução / Globo)

O Velho do Rio já apareceu essa semana em “Pantanal”.

No remake de “Pantanal”, O Velho do Rio (Osmar Prado) é uma entidade mística na novela das nove da Globo. Suas aparições nos capítulos recentes do folhetim de Bruno Luperi foram intrigantes, mas não revelaram quem de fato o personagem é.

No decorrer de “Pantanal”, novas pistas surgirão até ser possível ter certeza de que a lenda é Joventino (Irandhir Santos), pai de José Leôncio (Renato Góes) que desapareceu sem deixar rastros nos primeiros capítulos da novela da Globo.

SAIBA MAIS! Pantanal bate recorde de audiência, deixa Globo respirar aliviada e reprises da Record e SBT ‘comendo poeira’

O pai do protagonista de “Pantanal”, reaparece na fazenda na pele do Velho do Rio, com o poder de se transformar em uma cobra sucuri. O personagem de Osmar Prado vive rondando as matas, como uma espécie de guardião da floresta. Ajuda quem está em apuros e faz justiça em nome da natureza.

O Velho do Rio apareceu pela primeira vez no dia do nascimento do filho de José Leôncio com Madeleine (Bruna Linzmeyer). Ele surgiu durante uma grande tempestade para dar as boas-vindas ao neto e abençoar o novo membro da família.

Veja também

O Velho do Rio será interpretado por Osmar Prado na nova versão de 'Pantanal' (Foto: Reprodução / Globo)
O Velho do Rio é interpretado por Osmar Prado na nova versão de ‘Pantanal’ (Foto: Reprodução / Globo)

MAIS SOBRE O PERSONAGEM MÍSTICO

Além de simbolizar a “libertação da terra”, o Velho do Rio representa a “felicidade do amor verdadeiro”. Um amor em que há sacrifício em razão do próximo, assim como a lenda se doará para proteger o Pantanal. O encantado aparece também algumas vezes como sucuri.

“Ele mexeu tanto comigo que fiquei recluso quando fui para Mato Grosso do Sul. Eu peço até desculpas a Almir Sater, porque fui deselegante e não aceitei o convite para conhecer a casa dele. O papel me exige uma simplicidade extrema, porque a liberdade para ele é não ter nada. A gente vive numa sociedade em que é preciso ter tudo. O Velho do Rio me trouxe muita coisa. A sua empatia, o seu amor, a sua leveza e, sobretudo, a sua justiça”, contou Osmar Prado em entrevista recente ao Notícias da TV.

O Velho do Rio é um dos personagens misteriosos de “Pantanal”, vivido pelo saudoso, Cláudio Marzo na primeira versão da novela exibida pela extinta TV Manchete em 1990.

Cláudio Marzo deu vida ao Velho do Rio na primeira versão de "Pantanal", onde no remake é interpretado por Osmar Prado (Foto: Reprodução / Internet)
Cláudio Marzo deu vida ao Velho do Rio na primeira versão de “Pantanal”, onde no remake é interpretado por Osmar Prado (Foto: Reprodução / Internet)

 

VÍDEO YOUTUBE: Fim da RedeTV! Emissora zera no IBOPE, não dá audiência e tem demissão em massa

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários