Celebridades

Paulo Ricardo é derrotado na Justiça e tem R$ 390 mil de direitos autorais penhorados; entenda

O cantor Paulo Ricardo na TV Globo (Foto: Reprodução)
O cantor Paulo Ricardo na TV Globo (Foto: Reprodução)

Justiça manda penhorar R$ 390 mil de Paulo Ricardo para pagamento de processo judicial de diretos autorais

Paulo Ricardo teve o valor de R$ 390 mil penhorado pela Justiça, por conta de um processo judicial de diretos autorais. A ação foi movida pelo tecladista João Eugenio Marques que processou a empresa do cantor, exigindo seu trabalho fosse reconhecido com base no regime CLT.

No ano de 2013, o juiz Renato Sabino Filho, da 6ª Vara do Trabalho, entendeu que a relação profissional havia vínculo trabalhista. Com isso, definiu-se a multa de R$ 50 mil.

+Sikêra Jr se pronuncia após proposta da Globo, briga na Justiça e guerra contra William Bonner: “Quer dinheiro”

Em julho de 2016, a defesa do cantor recorreu na sentença, mas a decisão a favor do tecladista foi mantida em 2ª instância. No ano passado , eles tentaram acertar em uma audiência, mas não houve acordo. Agora, com juros e correções, a quantia passou para R$ 390 mil.

Em entrevista ao portal UOL, o advogado do cantor, Rodrigo Bruno Nahas, não concordou com a decisão. “O Paulo sempre pagou aquilo que foi acertado, o que é reconhecido pelo próprio autor”, declarou.

+Claudia Raia, após casamento, relembra divórcio de Alexandre Frota, expõe tudo e detona: “Insano”

A defesa não parou por aí. “Era uma prestação de serviço estritamente comercial. E mesmo discordando da decisão, o Paulo buscou acordo”, completou. “O crédito autoral é impenhorável. O bloqueio é errado e injustificável”, disse ainda ao argumentar sobre a falta de shows.

Conforme os advogados de Marques, que trabalhou com o cantor de novembro de 2006 a maio de 2010, os pagamentos para os ensaios e apresentações musicais eram por meio de cachês.

+Rochelle de Todo Mundo Odeia o Chris, 15 anos após a série, ressurge e grava vídeo para os brasileiros: “amo todos vocês”

O advogado do tecladista afirmou que a Justiça comprovou que haviam todos os requisitos de um vínculo empregatício. “Tentamos fazer todo tipo de acordo, mas não foi possível. Solicitamos a penhora dos direitos autorais para que esse assunto seja enfim resolvido”, contou.

GLOBO É ENVOLVIDA NO PROCESSO

A Globo foi notificada em dezembro de 2019, para que divulgasse os possíveis créditos destinados a Paulo Ricardo. Isso porque ele é o compositor da música Vida Real, tema do Big Brother Brasil. Todavia, o canal disse que não tinha créditos disponíveis. Assim, cantor terá que assumir a dívida do processo.

Paulo Ricardo, o cantor da abertura do Big Brother Brasil (foto: divulgação/TV Globo)
Paulo Ricardo, o cantor da abertura do Big Brother Brasil (foto: divulgação/TV Globo)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Hudson William

Por dentro dos assuntos sobre televisão desde 2008. A partir de 2012, passou a colaborar para o TV Foco com responsabilidade e credibilidade aos leitores.