Record

Record

Princípio de incêndio provoca correria e tensão nos estúdios da Record no meio de jornal e apresentador grita:”Fogo! Fogo!”

Record vive momento difícil em sua teledramaturgia (Foto - divulgação.)
Record vive momento difícil em sua teledramaturgia (Foto – divulgação.)
Jornalista José Eduardo, o Bocão do Balanço Geral Bahia, Record (Foto: Reprodução)

O jornalista José Eduardo, mais conhecido como Bocão relatou momentos de tensão durante a exibição do Balanço Geral da Record Itapoan, afiliada da Record na Bahia, ontem a tarde.

+Médico de Bibi Ferreira revela a verdadeira causa da morte da atriz e motivo surpreende todos

Segundo o apresentador, enquanto era exibido uma matéria sobre saneamento básico, surgiu um cheiro de queimado dentro do estúdio. Os bombeiros de plantão vasculharam o cenário, mas não encontraram nada. Pouco tempo depois o cheiro foi aumentando e barulho de “estalos” foram ouvidos.

+BBB19: Saiba como será a prova do líder nessa quinta-feira

Ao portal UOL, José Eduardo contou como foi o momento de pânico: Havia risco [do fogo] se espalhar pelo cenário. Quando eu percebi que era fogo de verdade, gritei: ‘Fogo! Fogo!’. Houve aquele corre-corre e fomos fazer o jornal da varandinha, do lado de fora. Fizemos um bloco inteiro enquanto os bombeiros resolviam o problema”.

Veja também

+Após separação Ex-BBB Gleice posta foto com Wagner cheia de chamego: “Saudade”

A equipe de bombeiros conseguiu controlar a situação em três minutos. José Eduardo contou como foi o desfecho satisfatório do caso: “E meia hora depois já estava tudo limpo e perfumado. Voltei para o estúdio (…) Nunca passei por situação como essa. Foi a primeira vez. Não foi aquele sustão, mas como tudo está acontece nesse ano…”, finaliza o presentador.

O jornalista Bocão comanda o Balanço Geral Bahia na Record TV Itapoan. (Foto: Reprodução)

BOLSONARO DESPREZA GLOBO MAIS UMA VEZ E CONCEDE ENTREVISTA EXCLUSIVA PARA RECORD

O atual presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a sua campanha eleitoral, prometeu mudar “muita coisa do que tá aí” no Brasil. Dentre essas modificações, uma coisa ele já conseguiu: transformar a política de entrevistas e relação com a mídia, especialmente com a Globo.

Nesse sentido, a emissora carioca foi deixada de lado em relação a entrevistas e informações exclusivas do novo presidente, o que não acontecia nas gestões anteriores. Isso vem acontecendo desde o início  da campanha, quando o então candidato deu uma entrevista para a Record no mesmo horário em que os demais debatiam na Globo.

Na noite desta quarta-feira (13), Bolsonaro ignorou a Globo mais uma vez, preferindo dar entrevista ao canal paulista. Na conversa, o presidente falou que, se o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência,  estiver envolvido no uso de candidatos do PSL como laranjas na campanha eleitoral de 2018, ele deverá sair do governo

Com apoio público do líder da Igreja Universal e dono da Record, Edir Macedo, ele já deu várias entrevistas exclusivas para a emissora desde a ocasião. Emissora mais beneficiada com essa nova política de Bolsonaro, o canal também foi o responsável por entrevistá-lo na véspera da posse.

Bolsonaro em entrevista à Record (Foto: Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: Leo Dias quebra o silêncio e Zezé descobre que Wanessa voltou com Dado Dolabella

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários