TV Foco

Supla tem sérios problemas com a justiça e perde o direito de ir e vir

O cantor Supla. (Foto: Edu Moraes/Record)

Supla, o roqueiro mais amado do país enfrenta enfrenta no momento sérios problemas com a justiça. As infrações que o rapaz cometeu resultaram na suspensão do direito dele de ir e vir.

Eduardo Suplicy ou Supla, como é conhecido nacionalmente está passando por uma maré de azar em sua vida. Recentemente, o rapaz perdeu seu direito de dirigir, pois infringiu as leis de trânsito e acumulou muitos pontos na carteira de habilitação.

Antes dessa decisão de suspender a carteira de habilitação de Supla, ele já tinha passado pelo mesmo problemas, porém em menor escala: ficou dez meses sem poder dirigir, pois atingiu o limite de 20 pontos na carteira de motorista no período de 12 meses.

+Bom Sucesso: Paloma é destratada e parte para cima de Nana, e Ramon abandona tudo ao receber trágica notícia

+Marcelo Bimbi e Nicole Bahls recebem notícia de morte, ficam em estado de choque e saem aos prantos da emissora

+Power Couple da Record, chega ao final e se mostra um reality mais dinâmico do que Big Brother da Globo

O artista, ao consultar seu prontuário no site do Detran, se surpreendeu com a cassação de sua carteira de habilitação. Supla diz que não foi notificado pelo órgão.  Por esse motivo, ele move processo contra o Detran.

Outras polêmicas

A última polêmica envolvendo Supla, foi em uma entrevista feita pela Daniela Albuquerque, com a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, mãe do artista. Na ocasião, Marta contou sobre a decisão de seu filho ao sair de sua casa. Ele tinha razão de ir, estava um inferno aquela casa. Eles nunca tiveram nenhuma vontade de entrar na política. Eles têm horror, não gostam mesmo”

Marta Suplicy e Daniela Albuquerque (Foto: Divulgação/RedeTV)

+Marta Suplicy fala sobre saída do filho Supla de casa, culpa o PT e dispara: “Estava um inferno aquela casa”

+Léo Santana troca olhares com ex, é abraçado após show e casal pode reatar namoro

“É uma escolha, o que eu posso fazer? Às vezes percebo que eu poderia ter sido mais presente, estado mais atente, mas é a vida. Eu tinha escolhido fazer aquilo, não podia ser a mãe que eu via que algumas eram. Não é que eu não podia, eu não queria, preferia fazer outras coisas, como trabalhar. Então gastar minha energia em culpa não dá, né?!”, disse ela, admitindo não ter sido uma mãe muito presente na vida dos filhos.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Arthur Farias