Amor de Mãe

Amor de Mãe, próxima novela, será parte de projeto bilionário e terá audácia da Globo

Manuela Dias, José Luiz Villamarim e elenco de Amor de Mãe na inauguração do MG4, novo complexo de estúdios da Globo. Foto: Divulgação/ Raquel Cunha/TVGlobo
Manuela Dias, José Luiz Villamarim e elenco de Amor de Mãe na inauguração do MG4, novo complexo de estúdios da Globo. Foto: Divulgação/ Raquel Cunha/TVGlobo

Amor de Mãe em breve estreará na Globo. A novela, substituta de A Dona do Pedaço no horário nobre, contará com novidades e grandes investimentos.

Em Amor de Mãe, Lurdes será uma das personagens principais. O bebê dela será vendido pelo próprio marido e pela irmã, que, além de cunhados, serão amantes. Mesmo mãe de outras três crianças e passados anos após o acontecimento, a personagem de Lucy Alves/ Regina Casé (cada uma representando Lurdes em fases diferentes da novela) não desistirá do filho e fará de tudo para reencontrá-lo. E partir desse desfecho se dará o desenvolvimento da trama da Globo, assinada pela autora Manuela Dias.

Em seu currículo, ela foi prestigiada pelas minisséries “Ligações Perigosas” e “Justiça”. Já para novela das 9, Amor de Mãe será a estreia dela como autora titular. Algo que o horário não tinha há tempos: inovação de profissionais assinando textos. Desde Maria Adelaide Amaral, de A Lei do Amor (2016), a Globo não seleciona um autor ou uma autora estreante para a faixa.

Nessa época, a estreia de Maria no horário nobre fracassou de forma histórica, perdendo apenas para Babilônia (2015), de Gilberto Braga. Gloria Perez, com A Força do Querer, veio na sequência e conseguiu reerguer a faixa. Walcyr Carrasco, com O Outro Lado do Paraíso, emplacou bem. Já os dois autores da sequência voltaram a afundar a audiência e O Sétimo Guardião deixou a Globo em estado crítico. A obra não agradou nos números e muito menos na crítica especializada. Manuela Dias, que viria na sequência com Troia (nome anterior à Amor de Mãe), foi substituta por  A Dona do Pedaço (Walcyr Carrasco) com a missão de reverter esse status, algo que está acontecendo.

Agora a Globo bateu o martelo e definiu que de fato Manuela Dias terá sua vez. E a inovação de autora não será a única novidade. Amor de Mãe será a primeira produção gravada no MG4, o novo complexo de estúdios recém inaugurado pela Globo. Trata-se de um projeto que levou 5 anos para ser concluído, demandou milhões de reais da emissora para a construção e ainda envolverá bilhões para as produções. Todo esse investimento precisará retornar e o horário das 9, com todo seu potencial de audiência e faturamento, com certeza será cobrado por resultados. A pressão é tão grande que Maria Adelaide Amaral, ao concluir A Lei do Amor, comentou: “Não quero ser autora da novela das 21h, quero ser feliz. Não quero esse patamar. Prefiro ser feliz, me divertir”.

Tratando-se de investimentos, a Globo não polpou talentos também. Adriana Esteves, a eterna Carminha, de Avenida Brasil, será uma das protagonistas, ao lado de Taís Araújo e Regina Casé. A direção ficará a cargo de José Luis Villamarim. Tanto Adriana quanto José fizeram parte da bem sucedida “Justiça”. Vladimir Brichta, Jéssica Ellen, Júlio Andrade e Enrique Diaz também fizeram parte da minissérie e agora estão escalados para Amor de Mãe.

Ansioso para a novela? Não deixe de acompanhar o resumo e as notícias de Amor de Mãe.

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

ANÚNCIOS

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIOS

site statistics