ALERTA

Master e Visa com dias contados: Banco Central antecipa substituto do cartão de crédito 100% livre de imposto

04/07/2024 às 22h19

Por: Diego Laureano
Imagem PreCarregada
Cartões de crédito Master e Visa e fachada do Banco Central (Foto: Reprodução / Canva / Montagem TV Foco)

O cartão de crédito é conhecido por ser o ‘Salvador da Pátria’ dos brasileiros, mas a famosas bandeiras Master e Visa podem estar com os dias contados

O Banco Central é responsável por garantir o poder de compra da moeda nacional. É também sua responsabilidade zelar por um sistema financeiro sólido, eficiente e competitivo, e fomentar o bem-estar econômico da sociedade.

Ocorre que os cartões de crédito ajudam muito, principalmente a classe trabalhadora que conquista seus bens com parcelas à perderem de vista. É uma forma de adquirir bens mais caros, com prestações que cabem no bolso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

SAIBA MAIS! Fim de pagamento LIBERADO: Nova lei dos cartões tem decreto do Banco Central para anulação total das dívidas com 3 viradas

Bandeiras da Master e Visa circulam em parceria com bancos, fintechs e lojas de departamentos, fazendo o crédito circular no nosso país. Afinal, mesmo quem não tem cartão de crédito, já ouviu falar dessa modalidade e já foi abordado por algum consultor de vendas perguntando se gostaria de obter o mesmo.

Continua após o Veja Também

Veja também

Desse modo, o Banco Central e o Conselho Monetário Nacional (CMN) criaram novas regras do Open Finance que autorizarão o pagamento com PIX por aproximação. Os pagamentos online terão as etapas reduzidas e o PIX será disponibilizado nas carteiras digitais — as wallets.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A mudança abrirá espaço para a realização de pagamentos por aproximação com o Pix, permitindo que o usuário realize a transação sem a necessidade de acessar o aplicativo de sua instituição financeira”, destaca o Banco Central e o Conselho Monetário Nacional.

FIM DO CARTÃO DE CRÉDITO?

Além disso, as regras vão ampliar o escopo dos bancos que serão impostos a fazerem parte do ecossistema e estabelecerem a estrutura definitiva de governança do Open Finance de acordo com informações do portal Money Times. Desse modo, 95% dos usuários que utilizam o sistema financeiro serão alcançados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O Open Finance já permite que os consumidores brasileiros tenham acesso a múltiplos benefícios advindos de soluções criadas pelas instituições participantes, a exemplo de agregadores e gerenciadores financeiros; oferta de crédito mais barato; maior facilidade para portabilidade de crédito e de salário; economia com cheque especial; oferta de melhores oportunidades de investimentos”, destacam.

O intuito é que as instituições financeiras criem “Super Apps”, reforçando todas essas soluções e informações, deixando eficiente a experiência do cliente e a oferta de novos produtos e serviços. Essa é uma ótima oportunidade, visto que o PIX não tem imposto e nem juros, como os cartões de crédito.

Além dos juros em compras parceladas dependendo do lojista, ou cobrança de anuidade (manutenção do cartão) e mais cobranças em casos de atrasos nas faturas. Desse modo, será como se fosse um substituto do cartão de crédito sendo 100% livre de imposto.

Brasileiros se perguntam qual o mais vantajoso: cartão de crédito ou Pix parcelado. Foto: Reprodução/Internet
Cartão de crédito e PIX (Foto: Reprodução / Canva)

QUANDO FOI FUNDADO O BANCO CENTRAL?

O BC, Bacen ou Banco Central, gerencia o meio circulante, que nada mais é do que garantir, para os brasileiros, o fornecimento adequado de dinheiro em espécie. Controlar a estabilidade do poder de compra da moeda, zelar por um sistema financeiro sólido, eficiente e competitivo, e fomentar o bem-estar econômico da sociedade.

O Banco Central foi criado em dezembro de 1964, através da Lei nº 4.595. Iniciando suas atividades em março de 1965, uma vez que o art. 65 da Lei nº 4.595 estabeleceu que a Lei entraria em vigor 90 dias após sua publicação.

Banco Central reduziu novamente a Taxa Selic (Reprodução: Banco Centra/Divulgação)
Banco Central (Foto: Reprodução / Gov)

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

Banco Central
cartão de crédito
Notícias sobre PIX
pix
Diego Laureano

Autor(a):

Sou formado em Teatro, Produção Audiovisual e Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Já atuei em emissoras de TV como Assistente de Produção e Redator em portais de entretenimento. Escrevo sobre televisão e seus bastidores, com responsabilidade, clareza, leveza e muito amor desde 2008. Mas a minha realização profissional está no Departamento de Novelas e Realities, no qual faço parte no TV Foco desde 2022. Além de Redator, atuo como Co-Apresentador das Lives do site no YouTube, às terças e sextas-feiras. Minhas redes sociais são: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.