Celebridades Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro se torna vítima de duro golpe, emissoras se envolvem em polêmica e ataque contra presidente ganha financiadores

Jair Bolsonaro levou facada em Juiz de Fora, em Minas Gerais, por Adélio Bispo (Foto: Reprodução/TV Globo)
Jair Bolsonaro levou facada em Juiz de Fora, em Minas Gerais, por Adélio Bispo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Jair Bolsonaro pode ter sido vítima de um duro golpe de algumas emissoras que financiaram a defesa de Adélio Bispo no julgamento do episódio em que o rapaz de uma facada no então candidato à presidência do Brasil. O crime, que aconteceu no dia 6 de setembro de 2018, aconteceu durante um ato político em Juiz de Fora, Minas Gerais. A informação foi dada por um dos advogados do acusado durante entrevista na cidade mineira.

+ Rafael Miguel foi vítima de terrível maldição e vivia momento completamente obscuro, diz sensitiva

+ Neymar sofre duro golpe, prisão do jogador é questionada e documento revelador deixa assessoria do famoso revoltada

+ Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Miguel, revela doença e causa preocupação ao vivo na Record

O profissional Zanone Manuel de Oliveira respondeu a algumas perguntas de Roberta Lopes Alves, coordenadora do movimento Direita Minas, e acabou entregando que a defesa de Adélio Bispo foi paga em dinheiro vivo, e foi dada por uma emissora de TV. “A quem interessa esconder quem foi que mandou matar Bolsonaro?”, perguntou a jornalista sobre o ataque ao presidente.

O advogado não fez rodeios e tratou de dizer que a defesa do acusado de dar a facada em Jair Bolsonaro foi financiada por grande empresas. “Tirando aquele primeiro contato em que a pessoa que me pagou, eu, Zanone, no interior do meu escritório, a partir daí todas as despesas foram bancadas por algumas emissoras de televisão não vou citar o nome para você, nem para o Brasil […]”, disparou.

Jair Bolsonaro em entrevista a Danilo Gentili no The Noite (Foto: Gabriel Cardoso/SBT)
Jair Bolsonaro em entrevista a Danilo Gentili no The Noite (Foto: Gabriel Cardoso/SBT)

De acordo com o canal “Terça Livre”, a jornalista Roberta Lopes Alves estava esperando os advogados de Adélio Bispo que estavam em uma audiência em Juiz de Fora, mesmo local onde aconteceu a facada em Jair Bolsonaro, e fez as perguntas decisivas para que o caso possa virar uma grande uma polêmica nos próximos dias.

Ao portal O Antagonista, entretanto, Zanone declarou que tudo o que disse sobre o caso de tentativa de assassinato de Jair Bolsonaro não passou de um mal entendido. “As emissoras de TV, rádio e até veículos de imprensa me convidam para dar entrevistas. Pagam passagem, hotel, jantar. Eu falei em despesas, custas, não honorários”, explicou. Esses pagamentos já estariam todos esclarecidos e informados à Polícia Federal, ou seja, estariam todos regulares dentro da lei.

+ Rafael Miguel e os pais têm imagens dos corpos espalhadas pela internet e irmã do ator faz apelo: “Respeito

O advogado de Adélio Bispo também afirmou que algumas de suas declarações no vídeo foram tiradas de contexto. “Editaram o que falei também sobre o mandante. Eu quis dizer que o mandante do crime é Deus, pois foi isso o que meu cliente (Adélio) disse”, explicou. O que será que esse polêmica envolvendo o presidente vai render?

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;