X

Lula cresce e arranca 21% dos eleitores que votaram em Bolsonaro nas eleições de 2018, diz pesquisa

Compartilhe essa notícia

De acordo com às pesquisas, Lula vem tirando vantagem sobre Bolsonaro

Há alguns meses das eleições que definirão quem estará a frente do poder legislativo brasileiro a partir de 2023, às viradas de jogo tem sido marcantes, mesmo a dúvida sobre o favoritismo ainda ser grandiosa. Porém, uma pesquisa realizada pelo instituto PoderData mostra que Lula (PT) possui vantagem sobre Bolsonaro (PL) e cresceu em cima do atual presidente.

De acordo com os dados apurados entre (31) de janeiro e 1(01) de fevereiro, o ex-presidente Luiz Inácio deve herdaria nada menos que 1/5 dos eleitores que votaram no concorrente em 2018, caso as eleições ocorressem hoje.

Para chegar ao resultado, o PoderData questionou aos eleitores em qual candidato votaram no 2º turno de 2018, disputado por Bolsonaro e Fernando Haddad (PT). Dessa forma, as respostas dos entrevistados foram cruzadas com as intenções de voto para o 1º turno deste ano.

Foi analisado que 54% das pessoas que votaram no atual governante lhe escolherão mais uma vez como candidato nas eleições deste ano. Por sua vez, Sergio Moro carrega 10% dos votos do concorrente. Há ainda uma parte de 7% dos eleitores do político que atualmente votariam branco ou nulo.

Na pesquisa anterior, que da mesma forma que essa foi realizada com 3.000 entrevistas em 238 cidades nas 27 unidades da Federação, Bolsonaro mantinha 58% dos votos que o elegeram. Lula e Sergio Moro roubavam 12% cada um.

EXPECTATIVA

O fato é que os números ainda são apertados e podem mudar de um instante para outro. Mas, a grande certeza que temos é que as eleições de 2022 prometem ser uma das mais esperadas de todos os tempos e uma das mais acirradas também, com Lula e Bolsonaro levando o favoritismo para uma possível disputa no segundo turno.

Bolsonaro e Lula (Foto: Reprodução)

Quem escreve

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Deixe um comentário

Esse site utiliza cookies Leia mais.