X

Luto! Tragédia acontece na casa de Leonardo, tiros são disparados e morte é confirmada ao Brasil

Compartilhe essa notícia

O desespero tomou conta de todos após a confirmação do óbito na casa de Leonardo

O Brasil ficou em choque após a confirmação de uma morte na casa do cantor Leonardo. Dessa forma, os noticiários trataram de apurar os fatos o mais rápido possível e deixar o público em prantos com a notícia.

O falecimento trata-se de Nilton Rodrigues da Silva, de 60 anos, popularmente conhecido como Passim, que era assessor, primo e amigo íntimo do sertanejo. Ele morreu no dia (04) de março de 2021, na fazendo Talismã, em Goiás.

De acordo com informações da polícia, a morte se deu após o assessor de Leonardo ser atingido por um tiro acidental disparado por ele mesmo, perdendo muito sangue e não resistindo as complicações. O G1 destacou que a arma responsável pelo ocorrido era da própria vítima e não tinha registro, o que configura em um crime inafiançável e com pena máxima de 6 anos.

“A arma não é registrada, ou seja, não está no nome de ninguém. A arma era dele, mas não estava registrada. Ele não tinha uma função específica para usar arma, era para defesa pessoal”, disse Gilvan Borges, delegado que cuidou do caso.

LUTO

Passim estava em um dos quartos da propriedade de Leonardo, e pelo fato de já ser madrugada, ninguém ouviu os disparos quando eles ocorreram. O assessor foi encontrado sem vida no banheiro com ferimentos de balas.

De acordo com a polícia, Passim supostamente tentou ir ao banheiro para conter o sangue, mas, infelizmente não conseguiu e acabou falecendo. Leonardo e toda a família ficaram desolados com a trágica morte.

Passim morreu dentro de uma das fazendas do cantor Leonardo, que era seu amigo pessoal (Foto: Reprodução / Instagram)

Quem escreve

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Deixe um comentário

Esse site utiliza cookies Leia mais.