Celebridades

Marcius Melhem, criador do Isso a Globo não Mostra dispara: “Temos liberdade de brincar com a própria emissora”

Marcius Melhem é um dos diretores da Globo. (Foto: Divulgação)

Criador do Tá no Ar e também responsável pelo Zorra, o ator e roteirista Marcius Melhem vive um momento de muita inspiração dentro da Globo, prova disso é a grande repercussão do quadro do Fantástico, Isso a Globo não Mostra, também criação do artista.

+Isso a Globo Não Mostra vai contra a própria Globo e critica pauta defendida na emissora

Em entrevista ao portal UOL, Marcius Melhem fala sobre as polêmicas principalmente das primeiras exibições do quadro, que pegou o público de surpresa e também explica o processo de criação do quadro: “Os autores sugerem ideias, acionam a pesquisa, rascunham a edição e depois vamos lá burilar as melhores. A edição não fecha nunca. Às vezes, mexemos no quadro até poucas horas antes do programa”.

Quanto às críticas ao Governo Bolsonaro, que são uma das praticamente pautas constantes no quadro, Melhem não se intimida com as ameaças de boicote do público fã do presidente: “Humor é oposição sempre. Não temos partido e somos críticos a qualquer lado. Mas é óbvio que quem governa, quem domina a máquina pública, está mais exposto, porque está influindo diretamente no dia a dia dos brasileiros. Acho que estamos bem atentos e críticos”.

O ator que já participou de novelas como “Caminho das Índias” e ficou conhecido do grande público com “Os Caras de Paus”, falou sobre a liberdade de poder “brincar” com a própria emissora: “Temos a liberdade de brincar com a própria Globo, e isso faz parte do conceito do quadro. Não se levar tão a sério é fundamental. O debate com a direção de jornalismo é amplo e eles compraram esse quadro com suas características”.

+Aos 40 anos, Carolina Dieckmann faz topless e recebe elogios de internautas: “Nunca envelhece”

Com o recém terminado “Tá no Ar”, sucesso de público e crítica, Marcius comenta sobre a proximidade das duas atrações Isso a Globo Não Mostra com o Ta no Ar, porém não fala de um programa específico nos mesmo moldes: “Ele está dentro de uma linguagem que a gente já buscava desde o ‘Tá no Ar’: “Traz uma certa autofagia da televisão, pois brinca com o próprio veículo numa dinâmica muito próxima do que é feito na internet com um todo. É muito tentador poder brincar com o nosso próprio acervo, que é gigante, e com o dia a dia da programação.”

Isso a Globo não mostra, novo quadro do Fantástico (Foto: Divulgação)
Isso a Globo não Mostra, novo quadro do Fantástico (Foto: Divulgação)

NO ALTAS HORAS MARCUS MELHEM TAMBÉM FALOU SOBRE ISSO A GLOBO NÃO MOSTRA

Descontraído e reflexivo, o Altas Horas deste sábado, dia 16, recebe Maria Júlia Coutinho, Marcius Melhem, Leandro Karnal, Capital Inicial e Dilsinho. Os convidados contam sobre suas rotinas, se divertem com histórias dos fãs que lhes abordam nas ruas e fazem reflexões sobre os dias atuais.

A equipe do programa brinca com Marcius Mellhem ao apresentar uma montagem com as participações do humorista em outras edições do programa, no melhor estilo do quadro Isso a Globo Não Mostra, do Fantástico, um de seus mais recentes trabalhos. Marcius, que se diverte com a montagem, comenta sobre os projetos que tem desenvolvido: “Humor é crítica sem ódio. Não se combate ódio com ódio, fazemos tudo com amor.

Em bate-papo com Serginho, Maju Coutinho releva que o autoconhecimento lhe ajuda a se proteger contra o preconceito. E a banda Capital Inicial, que transcende gerações, agita a plateia do Altas Horas com a música “Quatro vezes você”, a pedido especial do apresentador.

Bolsonaro virou sátira novamente do Isso a Globo Não Mostra dentro do Fantástico
Bolsonaro virou sátira novamente do Isso a Globo Não Mostra dentro do Fantástico

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!