Globo Séries

Mariana Ximenes retorna ao ar como uma mulher à frente do seu tempo em Se eu Fechar os Olhos Agora

Mariana Ximenes retorna ao ar na minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora, da Globo. (Foto: Divulgação/TV Globo)

A definição de Mariana Ximenes dá o tom de sua personagem na minissérie Se eu Fechar os Olhos Agora. “Ela tem um humor ácido e preciso, tem uma sagacidade absurda, mas ao mesmo tempo uma profundidade e uma amargura bem profundas, mas que ela não revela. Tem tiradas absolutamente inteligentes. A Adalgisa é uma mulher à frente do seu tempo, moderna, contemporânea, usa calça, é sensual. É irreverente e se expressa desta forma na hora de se vestir, no cabelo, na maquiagem, nas unhas e na própria atitude”, instiga Mariana Ximenes sobre o papel na minissérie escrita por Ricardo Linhares com direção artística de Carlos Manga Jr.

Silvio Santos muda programação do SBT, tira o Chaves do ar e emissora desce ladeira abaixo no ibope

Adalgisa é casada com um empresário de sucesso, dono da fábrica de tecidos União & Progresso, Geraldo Bastos (Gabriel Braga Nunes). Ele tem a esposa como seu maior troféu. Conquistar a deslumbrante Miss Distrito Federal foi uma vitória pela qual ele nunca deixou de se vangloriar. “Geraldo é o novo poder na época, um industrial. É um empregador, possivelmente a figura mais poderosa da região no momento em que o assassinato de Anita (Thainá Duarte) acontece. Obviamente já recaem sobre ele muitas suspeitas de participação nesse esquema porque é um homem com muitas influências sobre os políticos da região, sobre toda a sociedade”, conta Gabriel Braga Nunes.

Adalgisa (Mariana Ximenes) na minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora (Foto: Mauricio Fidalgo/Globo)
Adalgisa na minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora
(Foto: Mauricio Fidalgo/Globo)

Tanto Geraldo quanto Adalgisa são considerados modernos para os padrões da sociedade de São Miguel. Um casal vibrante, que provoca inveja por onde passa. Dentro de casa, no entanto, eles mantêm uma relação de respeito e carinho, mas sem qualquer rompante de paixão. Cada um, a seu modo, vive dentro da própria bolha de solidão. Para Adalgisa, seu melhor amigo é o dry martini que bebe quando está sozinha em casa, imersa em seus pensamentos, frustrações e desejos reprimidos. Nem mesmo os apelos do filho Edson (Gabriel Falcão) conseguem demovê-la da crença de que, num mundo ideal, seria possível trocar o coração por um fígado, “assim podia beber mais e amar menos”. “Ela tem um casamento estável, mas não gosta de ser tratada como um troféu. Fica indignada, mas aceita porque quer manter essa posição social”, adianta a atriz. “Os dois são atormentados por fantasmas pessoais e, no entanto, esse casamento acontece de uma maneira muito harmoniosa”, complementa Gabriel.

Relembre os apresentadores que se cansaram da Globo, arrumaram suas coisas e pediram demissão

Geraldo, ainda que perceba a insatisfação da mulher, tem seus próprios problemas e insatisfações, e prefere tentar contornar a situação chegando em casa com uma joia ou aceitando fazer uma viagem que melhore, ainda que temporariamente, o ânimo de Adalgisa.

Isabel (Débora Falabella) com o diretor Carlos Manga Jr em gravação de Se Eu Fechar os Olhos Agora (Foto: Globo/Mauricio Fidalgo)
Isabel (Débora Falabella) com o diretor Carlos Manga Jr em gravação de Se Eu Fechar os Olhos Agora
(Foto: Globo/Mauricio Fidalgo)

Prevista para estrear em abril na Globo e no Globoplay, Se eu Fechar os Olhos Agora é uma minissérie escrita por Ricardo Linhares com direção artística de Carlos Manga Jr., inspirada no livro de Edney Silvestre. No elenco estão nomes como Antonio Fagundes, Murilo Benício, Débora Falabella, Jonas Bloch, Betty Faria, Antônio Grassi, Enzo Romani, Lidi Lisboa, Vitor Thiré, Gabriel Falcão, Marcela Fetter, entre outros.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;