Celebridades Marília Mendonça

Marília Mendonça é detonada após polêmica: “Machista, sexista e homofóbica”

A cantora Marília Mendonça virou alvo de polêmica - Foto: Reprodução
A cantora Marília Mendonça virou alvo de polêmica – Foto: Reprodução

Marília Mendonça, que lançou música nova recentemente, foi alvo de polêmica na internet por causa de uma letra polêmica da canção

A cantora Marília Mendonça foi envolvida em uma polêmica. Em tempos de pandemia, a cultura do cancelamento na internet continua a todo vapor e a vítima da vez foi a sertaneja. O motivo é o nome da nova música da cantora, que foi lançada nesta sexta-feira e repercutiu bastante nas redes: “Vira Homem”.

A canção, que já foi gravada antes por alguns artistas sem projeção nacional, vem sendo apontada por alguns como machista e até homofóbica. Isso porque militantes pelas minorias consideram que a expressão “vira homem” coloca o estado de ser homem em posição de qualidade em relação a ser mulher.

+Eduardo Costa e Leonardo se beijam ao vivo e quebram isolamento social

+Advogada, Gizelly quebra o silêncio e dá veredicto sobre acusação contra Prior

+Victor Hugo é completamente rejeitado após final do BBB: “Só tem o pai e a mãe”

Quanto à comunidade LGBT, eles alegam que “vira homem” é uma frase de cunho homofóbica muito usada contra gays, principalmente afeminados. Mesmo fazendo sucesso absoluto desde que foi postada, a canção não passou sem receber essas críticas, cuja maioria foi postada no Twitter.

A live da cantora Marília Mendonça repercutiu nas redes sociais - Foto: Reproudção
A live da cantora Marília Mendonça repercutiu nas redes sociais – Foto: Reprodução

“Que nome de música desrespeitoso e machista, logo você que canta sobre o empoderamento feminino, pra que reforçar essa expressão que é causadora de traumas irreparáveis na comunidade gay? Affu Cara com olhos virando”, disparou um internauta, revoltado com o título dado pela cantora à música.

O que seria “virar homem”?

Outra internauta fez um questionamento a Marília Mendonça sobre o título dado para a sua música, que tratou como ofensiva. “O que seria ‘virar homem’? É ofensivo em tantos níveis. Lutamos para desconstruir uma sociedade machista, sexista e homofóbica (entre tantas outras). A cultura do pau não passará”, disparou.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.